Universidade Católica ocupada por radicais de esquerda


A Universidade Católica, home of the brave, poderá ter sido ocupada, com a violência que tal acarreta, por radicais de esquerda ao serviço da Geringonça. Só isso explica a apresentação de tais dados, aritmeticamente impossíveis, sobre o crescimento do PIB português no ano corrente. As estimativas da universidade apontam para um crescimento de 2,4% em 2017, algo que não pode ser verdade, pelo menos a julgar pelas profecias apocalípticas do culto de Belzebu, sempre rigorosas. Nem o governo consegue ser tão optimista, pelo que não podemos estar perante outra coisa que não seja um grande embuste, fabricado no lodo soviético-venezuelano em que o país se encontra aprisionado, refém de comunistas e bloquistas, onde investidor algum porá o seu dinheiro. A claustrofobia democrática é assustadora. Não demorará muito até que estejamos a lutar por sacos de arroz no corredor de um supermercado vazio. O horror.

Gráfico: INE e UCatólica via Jornal de Negócios

Comments

  1. JgMenos says:

    Palhaçadas!
    A descoberta extraordinária de que ao sair da merda o pouco parece muito.
    A promissora aposta tecnológica: bandeja em punho ao serviço dos turistas.
    Bomba no rendimento, corta no investimento, acresce na dívida – mas a luta contra os racistas e sexistas nos salvará.

    • joão lopes says:

      vota na dona da razão,a dona helena matos que essa ao menos é a favor da guerra,ou seja do trump…tudo em nome do santo lucro

    • Paulo Marques says:

      É o euro, estúpido.

    • José Peralta says:

      “AO SAÍR DA MERDA” jgmenos ? Afinal sempre considera que estamos a saír da” merda”…

      “Descuidou-se” o jgmenos, e a “bufa” pestilenta fugiu-lhe para a verdade…

      Sim, é pouco, e não, não parece muto ! Mas já é alguma coisa, depois da montanha de merda produzida em 4 anos e meio !

      Por quem ? Ora por quem ! Como se o “menos” não soubesse !

      “Bandeja em punho ao serviço de turistas” ? Eu ainda me lembro de coelhos e mentiras louras albuquerques, de “guarda-pó” vestido e boné na mão, humildes,veneradores e…ajoelhados à cadeira de rodas do schäuble : “precisa de mais ar nos pneus, meu senhor” ?

      Foi assim há tanto tempo que o “menos” não se lembre ?
      Deve ter alguma fuga no “olhal de purga”…

  2. Ernesto says:

    Oh menos, acede a este link e diz-me se não achas que este gajo tem cara de piroca:
    https://www.publico.pt/economia/noticia/o-fisico-teorico-que-quer-mudar-a-forma-de-fazer-economia-1688074

    Parece mesmo, não é?

    • JgMenos says:

      Desconfia dessas associações Ernesto: podes ter um armário para abrir.

    • José Fontes says:

      Ernesto:
      O olharapo JgMenos (de seu verdadeiro nome João Pires da Cruz) é que vai fazer o verdadeiro milagre deFátima: inventar a economia da merda.
      Por isso o termo merda lhe é tão caro.

    • Quem é este, Ernesto? Não me diga que é o Menos!

      • Ernesto says:

        Caro João, é isso mesmo, essa personagem é o menos, e não deixa de ser curioso que o público, em pleno regabofe pafiano, tenha publicado esta entrevista a tamanho boçal, que como se pode constatar é só conteúdo!!!É a nossa imprensa.

        Gostava, contudo, de fazer uma correção ao meu comentário inicial, por que de facto tendo em conta o que este energúmeno debita de merda, quer aqui, quer no LDB, como “josé”,tem cara de cú e não de piroca como inicialmente indiquei. Peço desculpa pela imprecisão!

        • Ò menos, seu cromo blogosférico, não me digas que afinal és um físico teórico.

          Ernesto, o que te leva a acreditar serem a mesma pessoa?

          • Ernesto says:

            João, não posso garantir a 100%, mas acredito no que foi mencionado aqui por alguém que o conhece de outras andanças.

            Foi, aliás, num post teu ( “Os nossos carrascos e os tipos que levam o país a brincar”) que o camarada António Pedro Pereira o denunciou.
            Já no que respeita ao menos ser tb o josé no LDB, disso não há dúvida, a verborreia é igual!

            PS: Já agora, as minhas desculpas por alguns insultos que escrevi direccionados ao bicho do mato, mas não é menos do que merece, porque quando confrontado com argumentos,volta a debitar bilis repetidamente, de forma a satisfazer os seus donos, que nem um cachorrinho que se mija de feliz por ver o dono chegar a casa!

  3. José Peralta says:

    Também não seria nada mau se a D. Teodora deixasse de ser tão “sonora”…

    • José Fontes says:

      José Peralta:
      Acho que a senhora Teodora devia fazer uma de 2 coisas:
      – ou ir mais vezes ao sonoro;
      – ou refornar-se de vez e dedicar-se a visitar o país, há tanta coisa bonita para ver.
      Sempre evitava os avisos carregados de fel e os erros sistemáticos nas previsões.
      Ainda há outra hipótese, comprar mais Alka-Seltzer.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s