Trumpete

Há-de haver quem tenha reparado na súbita generosidade do directório europeu para com Portugal. Parece ter-se diluído, de um momento para o outro, o velho discurso das imperiosas reformas estruturais, da necessidade de manter o rumo, a ameaça do congelamento de fundos e outras sanções, que chegaram a obrigar o primeiro ministro António Costa a evocar o Tribunal de Justiça da União Europeia, afirmando que a ele recorreria se tais castigos viessem a ser levados à prática.

Hoje o cenário está bastante diferente, ao ponto de, sem desprimor, como aqui já foi escrito, para o Ministro dos Negócios Estrangeiros e o meritório trabalho diplomático que vem realizando, nos terem permitido ganhar um Festival da Eurovisão com uma canção cantada na língua impronunciável de Camões.

O Sr. Schäuble comparou o Ministro das Finanças, Mário Centeno, a Cristiano Ronaldo – parece querer vê-lo na liderança do Eurogrupo – e até a própria senhora Angela Merkel, um Mao Tsé Tung a cores, e que, não há muito, se se referia a Portugal era para passar raspanetes avisados e oferecer lições maternais sobre a arte de bem governar um país do sul em processo de empobrecimento, parece agora rendida ao discurso da coesão, afirmando, em tom dramático, que a União Europeia tem de tomar o seu destino nas suas próprias mãos e não pode depender inteiramente dos EUA e do Reino Unido, países com os quais parece ter sido aberto um conflito político e estratégico.

[Read more…]

Guerra civil na distrital lisboeta do PSD

A poucos meses das Autárquicas, a liderança do PSD Lisboa será disputada por Pedro Pinto, em representação do aparelho e com a máquina passista na retaguarda, e Pedro Rodrigues, crítico do regime vigente. Fight!

Os dinossauros estão de volta

Isaltino Morais, Avelino Ferreira Torres, Narciso Miranda e agora o eterno Major Valentim, entre outros, que julgávamos extintos. Temos os políticos que merecemos, não é mesmo?

Já só fica a faltar o anúncio de José Sócrates a Belém-2020. Num Conselho de Estado com o Carlos Santos Silva e Armando Vara, não vão faltar bons robalos e filosofia política de qualidade.

Foto: Bruno Simões Csatanheira/Global Images@JN

Agarrem-se a ela, Passos & friends

não vos resta muito mais.