Dói-dói, senhor deputado?


Não há tragédia neste país sem que o aproveitamento político dê o ar da sua graça. Hélder Amaral tem razão nas questões que levanta, mas faz uma péssima figura quando afirma que “não basta um Presidente da República dar beijinhos no dói-dói, e dizer que não há nada a fazer“. Não só porque não é o momento para que um representante eleito se dedique a guerras de propaganda com conteúdos brejeiros, mas também porque Marcelo teve pelo menos a dignidade de se deslocar aos locais afectados pelas chamas, o que não sendo mais do que a sua obrigação, não deixa de ser revelador da nova era que se vive em Belém.

Essa perigosa malta soviética da Uma Página Numa Rede Social deu conta destas declarações, e a verdade é que não se ouviu um pio ao deputado do CDS-PP quando Cavaco Silva não se dignou sequer a interromper as suas férias para homenagear os oito bombeiros que morreram no combate às chamas em 2013. O mesmo Cavaco Silva que, dias depois, acabaria por suspender o veraneio devido à morte do banqueiro António Borges. Entre um presidente que dá “beijinhos no dói-dói” e um outro com as características do anterior, quer-me parecer que existe uma grande diferença. E já que estamos nisto, também não se ouviu um pio ao deputado do CDS-PP quando o seu governo decretou apenas 1 dia de luto nacional em homenagem aos bombeiros falecidos em 2013. Fossem eles uma antiga glória do futebol português e o resultado seria seguramente diferente.

Foto: Carlos Manuel Martins/Global Imagens@DN

Comments

  1. Konigvs says:

    …o mesmo Cavaco que como representante do povo, nem se dignou a estar presente no funeral do único português que venceu um Nobel. (ou pelo menos o único que não venceu o prémio por andar a partir cabeças a doentes) Mas dá um gostinho especial ver a malta engomada do CDS estrebuchar com o próprio presidente que elegeu!

  2. Rui Naldinho says:

    Não fosse a trágica perda de vidas humanas, um drama, ver os eleitores de Marcelo zangados com o seu próprio Presidente, a comecar pelos proprios deputados da PáF, é das coisas mais hilariantes ao qual poderemos assistir.
    Para a direita, Marcelo, Marques Mendes, Ferreira Leite, “and so on”, são tudo “farinha do mesmo saco”!
    Esquecem-se é de assumir, que votaram nele, para não perderem tudo, e levar com Sampaio da Nóvoa.

  3. Luís says:

    Este sujeito parece que já nasceu deputado pois lembro-me da sua fronha desde tempos que não guardo na memória.
    Gostaria de saber as intervenções ou projectos que este sujeito apresentou, como parlamentar, sobre este tema dos fogos.

  4. A forma como este porco espinho da política se refere a esta tragédia, ocorre-me que em vez do “dói-dói” que tanto lhe dói, lhe seria mais grato o lamber o cu de quem o ajudasse a manter no seu inútil cantinho..

  5. Rui Mateus says:

    Já sabemos do que a casa gasta da parte destes deputados desta pogre nação. Mas contrapor os afectos do presidente da república é porque estamos muito embaixo de forma. Venha o diano e escolha😈

  6. Rui Mateus says:

    ….pobre nação…😆

  7. anti pafioso. says:

    UM balde de MD naquela careca é o que ele precisa . Pira-te para o cavaquistão .

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s