A “onda anti-jornalismo”


Luís Pedro Nunes

Ó untuoso rapaz do Eixo, não há nenhuma “onda anti-jornalismo”. Há é saudades do jornalismo. O problema não são os jornalistas, mas a falta deles. O facto de os cinco “eixistas” se considerarem lideres de opinião – e, justos céus, serão mesmo? – diz (quase) tudo. A delirante tese de que o governo e seus apoiantes têm tido a comunicação social ao seu lado, diz o resto.

Comments

  1. JgMenos says:

    Sendo a mama estatal a maior das ambições promovida pela abrilada, todo o mamão se diz de esquerda quando não olha senão para o umbigo.
    A partir daqui se faz a onda jornalística que comunga e promove tão ‘altos’ ideais…

    • Rui Naldinho says:

      Estou completamente de acordo consigo. As pessoas de esquerda olham para o seu próprio umbigo, não fosse essa uma atitude normalissima no ser humano. Até os macacos, sejam eles de esquerda ou de direita, o fazem!
      Já me preocupo com os gajos que não olham para o umbigo, porque ao não fazê-lo, só podem ser cegos, ou na melhor das hipóteses defeituosos da coluna vertebral.
      Mas continue a beber água, muita água, vai ver que isso lhe passa!

      • Nascimento says:

        Tá enganado! O problema de tipos como este ser rastejante é que só bebem água! Não bebem vinho de qualidade porque nem sabem aprecia-lo. Nunca tiveram “tempo” para ter bom gosto! Cultura. Só sabem ser Bêbados.

    • Paulo Marques says:

      Há alguns na esquerda, já na direita à muito que não há uma única voz que defenda quem não se pode defender, muito pelo contrário, defende-se quem trata de si à custa dos outros.

    • http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/portugueses-sao-os-que-mamam-mais-na-europa Como é que é? O JgMenos não mama também? Coitado…

    • José Fontes says:

      E tu mamas de onde?
      Ó olharapo João Pires da Cruz, vulgo (JgMenos ou José)

    • Nascimento says:

      Ele Mama na quinta perna do Burro!Não é Menos?

  2. Ouve-se a entrevista do PR ao DN (onde diz o óbvio) e fica-se sem se perceber o matraquear dos jornais e do “tangas” dos domingos na SIC sobre as dissonâncias daquele e o Governo.
    Quando se ouve esta personagem dizer o que diz sobre a “máquina comunicacional” do governo então percebemos que esta direita está mesmo desesperada.

  3. Rui Naldinho says:
  4. Ana A. says:

    Não é que tenha muito a ver, mas: é de mim ou em cada incêndio/reportagem está lá sempre o “diligente” presidente da câmara e/ou o presidente da junta a debitar opiniões.
    Não é que não tenham a sua razão e direito, mas quer-me parecer que neste ano, talvez por via das eleições autárquicas, notam-se mais estas presenças!
    Quanto a mim essa presença seria mais louvável e, quem sabe dispensável, se eles cumprissem e fizessem cumprir o que há já de legislação sobre prevenção de incêndios na floresta!

    • JgMenos says:

      E até a GNR têm ao seu serviço para esse efeito!
      Já algum jornalista falou nisso? Não, que mexer com o Estado- monstro-mama é proibido; só vale explorar o palavrório dos políticos.

  5. Atento/sempre says:

    Quer gostem quer não!
    A maioria da comunicação , e os seus mais diretos colaboradores , fazem o jogo (defendem interesses) da grande burguesia!
    E Porquê? Porque, se o não fizerem são despedidos…
    Por uma impressa livre e democrática!

  6. Jose Oliveira says:

    Sem entrar nos dichotes ocos do costume, gostava de recentrar o debate. Ultimamente, tenho assistido aos queixumes de vários jornalistas de serviço sobre a sua perda de audiência. Assim, censuram a NET, a incultura do povo, a apatia, a venalidade dos políticos, enfim, disparam em todas as direcções menos naquela que era preciso. O jornalismo português é uma vergonha, a qualidade cai a olhos vistos e a culpa ainda é do people. Ora bem! Com profissionais destes, tipo Correio da Manhã, cada vez temos de ir mais à NET e aos sites alternativos. Depois ainda se andam a queixar, os tótós.
    Não esbanjámos…. Não pagamos!!!!!!

  7. Nascimento says:

    O problema deste rapaz é que gostava de não ser Alentejano. Disfarça.
    Ficou feliz quando os Xuxialistas ganharam Beja ou Évora!??
    jÁ PASSARAM UNS ANOS.
    Depois meteu a viola no saco,e,, quatro anos depois, perderam as Camaras no Alentejo!!! TODAS! Não se lembram? Eu passo a explicar O QUE PENSO DESTES “PERSONAGENS” NOJENTOS : sempre vivi e vivo no meio de todas as etnias e havia um grande amigo ( já desaparecido) o Zé Preto, como lhe chamávamos, e que dizia sempre: ” o pior disto tudo é que no meio de nós ( os pretos), há sempre um filho da puta dum branquinho que mete tudo á porrada e depois se pira!”… perceberam OU É PRECISO UM DESENHO?
    Este merdoso é como o RANHOSO DO H. MONTEIRO ( Expresso), QUE TODOS PENSAVAM QUE ERA “ALENTEJANO” E AFINAL NASCEU EM LOURES!!! EHEHEHEHHEHE….
    E SÓ NÃO NAMOROU (FODEU CIGANAS) POR CAUSA DAS FACAS DOS PRIMOS E IRMÃO DAS CIGANAS!!! EHEHEHEHEHEHEH…E O ” ORDINÁRIO” SOU EU!!???QUANTA HIPOCRISIA….QUE PANELEIRAGEM,… QUE PUTEDO SENHOR ALFREDO!!

    • JgMenos says:

      Estás recuperado, Grunho.

    • Nascimento é Filho da Puhta says:

      Ó Nascimento meu grande filho da phuta, tens alguma coisa contra os alentejanos, e contra os paneleiros ?
      Deves ser é um ganda corno, vai lamber a c*na a tua …

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s