Floresta?


É um pedaço da estrada Nacional 103, ali para os lados de Forjães, Vila Cova e Feitos, entre Viana do Castelo e Barcelos.
Há cerca de quatro anos, um grande incêndio libertou o terreno de muitos dos seus eucaliptos e outras árvores deixando para o incêndio do Verão passado a tarefa de aniquilar totalmente qualquer árvore remanescente.
No terreno assim purgado de quaisquer outras formas de vida, e à vista de todos, floresce agora um viçoso e perenifólio eucaliptal, palavra que em Portugal quer dizer “floresta”.
À falta de melhor, é o que temos. É isto uma floresta?

Comments

  1. Konigvs says:

    Eucaliptal = Poluição Verde.

    O melhor que pode acontecer para os eucaliptos dispersarem as suas sementes é, precisamente, um incêndio. Quero ver se por estes dias vou visitar um sítio que ardeu, precisamente há um ano, e aposto que já existirão eucaliptos que nasceram de sementes, com bem mais de um metro de altura!

    Daí que quando ouço falar em subsídios à re-eucaliptação acho que só podem estar a gozar com as pessoas. Como é que se financia algo que destrói o país, quando ainda por cima os incêndios beneficiam as sementes e adubam os pobres solos pobres onde estavam os anteriores eucaliptos? Não dá para entender. É o mesmo que financiar um agricultor, que coitado, teve uma excelente colheita!

  2. SI MI LA RE says:

    Esses rebentos são a preparação de um futuro desastre do tipo Pedrógão 2017. Depois aparecem os técnico a dizer como se deveria ter feito. É o habitual. Depois da casa roubada, trancas à porta.

  3. JgMenos says:

    O problema da floresta não são as árvores mas os matos e arbustos e ‘lixo’.
    Limpeza e emparcelamento de exploração são as questões.

    • Konigvs says:

      Mas claro que as árvores são um problema!
      Quando substituímos árvores nativas, resistentes ao fogo, por árvores invasoras que são barris de pólvora, isso é um problema! Quando somos o país do mundo, com mais eucaliptos, e nem um cá deveria estar, sim, isso é um grave problema. É grave porque dizima a nossa floresta, é grave porque destrói os solos, e é grave por causa dos problemas que causa em casa de incêndio!

    • Fernando Antunes says:

      É preciso entender o que é uma floresta! Uma floresta da árvores nativas não carece sequer de “limpeza”! Uma verdadeira floresta é um ecossistema complexo, com centenas de espécies vegetais. Tem que ter clareiras e espaços entre as árvores onde possa crescer vegetação rasteira.

      De referir que, não só os incêndios, mas também as ditas limpezas de pinhais e eucaliptais têm contribuido para o desaparecimento de muitas espécies de fauna e flora das florestas, e contribuido para o nosso empobrecimento paisagístico e ambiental.

  4. Rui Naldinho says:

    O eucalipto é a árvore que mais se adequa ao nosso país.
    Disso não tenham dúvidas. A História mostra-nos como o eucalipto, vindo da Austrália, se adaptou tão bem a este pedaço de jardim à beira mar plantado.
    Olhando bem, e pegando naquela frase de Miguel Cadilhe, que foi Ministro das Finanças de Cavaco Silva, referindo-se a ele, Cavaco, numa entrevista a um jornal, afirmando sem pruridos, que o ex Primeiro Ministro e ex Presidente da República do PSD era como o eucalipto, “secava tudo à sua volta”, … eu diria que somos um país governado por políticos do tipo eucalipto, que secam de facto tudo à nossa volta.
    O problema é que não há fogo que lhes pegue. Nem incendiário que os atormente. E quando por azar, algum arde nas labaredas da comunicação social, ou da Justiça, por exemplo, Sócrates, mesmo depois de muito chamuscado, deixa sempre semente.
    Assim sendo haverá sempre eucaliptos, de uma forma ou de outra.
    E acreditem, enquanto não acabarmos com os políticos eucalipto, Portugal continuará a arder, ano após ano.

    • Paulo Marques says:

      Aquilo que se passa nos tribunais já ultrapassou em danos o que o idiota fez. Ou há regras ou é uma república das bananas, embora isso também não deva surpreender ninguém.

    • …5* ! : “… eu diria que somos um país governado por políticos do tipo eucalipto, que secam de facto tudo à nossa volta.
      O problema é que não há fogo que lhes pegue. Nem incendiário que os atormente. E quando por azar, algum arde nas labaredas da comunicação social, ou da Justiça, por exemplo, Sócrates, mesmo depois de muito chamuscado, deixa sempre semente.
      Assim sendo haverá sempre eucaliptos, de uma forma ou de outra.
      E acreditem, enquanto não acabarmos com os políticos eucalipto, Portugal continuará a arder, ano após ano.”
      ***********
      Rui Naldinho, felicito e reforço o seu sarcasmo inteligente sobre o que é efectivamente um aspecto da realidade deste pobre país :
      .”eu calipto,
      tu calipto,
      nós capitulamos ” : )

      .Porém…cidadania activa e participativa não se deve ficar só por comentários, há que intervir junto das pessoas, por uma acção e informação para além das notícias manipuladas e tendenciosas dos media, mesmo que seja somente à escala pessoal resulta um pouco e com muitos poucos seremos muitos!|

      • Rui Naldinho says:

        Concordo completamente consigo. Não basta mandar bitaites. Temos de fazer um pouco mais do que isso.

  5. J.Pinto says:

    É o que temos. O maior problema é que os senhores governantes aprovam leis que vão ter como consequência um maior abandono de terras e por isso haverá muitas mais áreas equivalentes às que mostra o vídeo.

    Os incêndios propiciam o nascimento de mais eucaliptos. Os eucaliptos que menos ardem (são os que são limpos e estão ordenados) são exatamente os que o governo proíbe com a nova legislação.

    Está tudo resumido aqui: https://economiaegestao.wordpress.com/2017/08/20/os-maluquinhos-dos-eucaliptos/

    • joão lopes says:

      um país com clima cada vez mais seco,e acha que devem plantar mais eucaliptos? e a agua? e quando o verdadeiro problema começar a ser a falta de agua potavel? já viu o Tejo?morremos todos á sede,intoxicados ´so por causa do deus eucalipto? mesmo com estes incendios todos,Portugal continua forrado de eucaliptos por todo o lado´,só não vê quem não quer.ou não lhe interessa(o deus dinheiro,pois claro)

      • J.Pinto says:

        Eu não sou especialista e por isso não sei se está em causa ou não a falta de água…o que disse e escrevi é que a relação que se fala entre as plantações de eucaliptos e os incêndios não existe. O eucalipto é apenas um bode expiatório. Se existem evidências claras do que diz, isso é outra coisa…mas tenho visto opiniões favoráveis e desfavoráveis relativamente aos eucaliptos.

        Relativamente ao que escrevi, reafirmo: os eucaliptos que ardem são os que estão implantados em áreas que não são limpas (como as do vídeo). Com a nova lei, haverá mais áreas que não são limpas; e aí os eucaliptos tornar-se-ão na espécie predominante, com a agravante de as matas não serem limpas (como as do vídeo).

        Os eucaliptos que serão proibidos são exatamente os que são plantados pelo Homem, alinhados e limpos (e esses não ardem – ou ardem pouco). Por isso é que as plantações das celuloses ardem muito pouco.

        O que me parece (mas isto passa-se em todas as áreas) é que os governos (todos eles) tomam medidas que desconhecem por completo. Eu não sou especialista, mas sou do mundo rural e sei como nascem os eucaliptos e sei que os eucaliptos que têm ardido são os que nascerem naturalmente, onde não existe limpeza. Aliás, o fogo é o maior aliado dos eucaliptos: onde houver incêndios, as outras espécies morrem e o eucalipto regenera e nasce com mais força.

  6. O problema da floresta, irracional, não é ela mesmo…São os humanos racionais que não cuidam dela e alguns destes que lhe chegam o fogo quer esteja ordenada (???) ou desordenada (???)…Mais pontos de vista !!!!!

  7. Konigvs says:

    Já agora chamar os bois pelos nomes:
    BE / PCP / VERDES – Contra a proliferação do eucalipto
    PAN – Absteve-se
    PS – Costa diz que o eucalipto não é o Diabo
    PSD e CDS liberalizaram a plantação de mais eucaliptos no anterior governo, pela mão da senhora Cristas…. que depois reza a Deus nosso senhor acontece uma catástrofe.

    O que podemos fazer além de mandar bitaites? Ou nos tornamos numa espécie de Unabomber e incendiamos tudo onde haja eucaliptos, ou então escolhemos partidos com posições mais ecológicas.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s