Vetar ou não vetar

Marcelo parece então ameaçar vetar o projecto de Lei de Bases da Saúde caso esta seja aprovada pela esquerda. Está no seu direito e não surpreende ninguém. Perante a situação, há três respostas possíveis:

1 – A tal possível maioria recebe o veto, tira educadamente o chapéu ao Presidente, confirma o voto anterior e aprova a Lei, sendo o PR obrigado, então, a promulgá-la.

2 – O Governo e o PS arreceiam-se perante a situação, dizem “vamos fazer a vontade ao sr. presidente” e alteram a proposta fazendo vénia à direita e aos grupos privados.

3 – O PS procede segundo conhecidas práticas de procrastinação e, empurrando com a barriga, adia a questão para qualquer dia, lá longe, não se sabe bem quando, mas com uma certeza tão implacável como a garantia de um daqueles “rigorosos inquéritos” com que se fintam os embaraços políticos.

§. Há a possibilidade de o PR recorrer ao Tribunal Constitucional, mas isso não é problema. Lei inconstitucional é com a direita.

Comments

  1. António Correia says:

    Vai vetar, o Sr Marcelo nunca me enganou.

  2. Rui Naldinho says:

    E nestas alturas que “eu gosto de Marcelo”. Nunca imaginei nenhum outro Marcelo que não este, apesar de andar muita gente embevecida com as Selfies, e alguma baba que lhe cai da boca, nos cerimoniais.
    “Gosto de Marcelo nestes momentos”, pela simples razão de que o PS, ainda que com algum esforço, tem de vir a jogo, coisa do qual eles pouco gostam, tentando sempre que podem, fazer a espragata. Ou seja, tentando agradar a todos, deixam todos desagradados. E isso é coisa que me irrita.
    A vida é feita de escolhas. Assim sendo, o PS deve ter a coragem de defender o SNS, sem aqueles avanços e recuos que acabam sempre por prejudicar o contribuinte, em benefício das Seguradoras e dos Grupos Privados da Saúde, onde nidificam muitos “Marcelinhos e outro tipo de citrinos”.
    A História deste PS remete-me para o ponto 3 do autor do texto.
    Se assim for, isso só demonstra que não aprenderam nada.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.