Os cabelos brancos de Letizia

A mulher estava parada frente a uma montra de marmitas e lancheiras. Levava na mão um saco de uma loja famosa, já deslavado, destes que se conseguem uma vez e são usados todos os dias para transportar o almoço, as compras, a bata do trabalho, e duram anos até se romperem. Dentro do saco, via-se o cabeçalho da revista ¡Hola!.

A mulher esticava a cabeça para ver todos os preços das marmitas da montra, mas não se decidia a entrar. Passou um autocarro e o ruído deve tê-la feito tomar consciência de que já tinha perdido demasiado tempo. Seguiu caminho com passos rápidos. Por curiosidade, fui até ao quiosque ao lado e procurei a capa da ¡Hola!. Havia umas quantas mulheres, algumas desconhecidas para mim, mas a foto central era da rainha Letizia, de quem se garantia estar a “apostar na naturalidade” e orgulhosa dos seus cabelos brancos. Inclinei-me para ver melhor a foto. Os cabelos brancos da rainha resumiam-se a umas linhas estrategicamente dispersas por um cabelo imaculadamente castanho. Não eram cabelos brancos, eram madeixas de realismo pintadas com mestria para fazê-la parecer quase uma de nós. 

Lembrei-me que a mulher que comprara a revista também pintava o cabelo, porque se lhe viam as raízes brancas num cabelo artificialmente claro. Segui caminho a pensar nesta mulher que levava no saco uma revista com histórias de princesas, milionários, celebridades, mas que apreçava uma marmita sem chegar a comprá-la.

E entretive-me a imaginar uma revista exclusivíssima, apenas acessível a rainhas, celebridades, multimilionários, que lhes contasse a vida das mulheres que lêem a ¡Hola! e que juntam dinheiro para comprar marmitas, para não terem de levar o almoço em tupperwares sem graça. E que seria lida com o mesmo interesse ingénuo e a mesma suspeita de que nada do que ali se vê pode verdadeiramente existir.

Comments

  1. Luís Lavoura says:

    Então a mulher tem dinheiro suficiente para pintar o cabelo mas não para comprar uma marmita? Cheira-me que há aqui uma história mal contada… É que a pintura do cabelo é certamente mais cara que uma marmita!

    • mdlsds says:

      Prioridades que só as mulheres têm. O almoço, na verdade, cabe numa caixa de plástico qualquer. Já o cabelo, depois de anos com tinta, há que ter muita coragem para deixar de pintar. Falo eu, que sou mulher, que nunca pintei o cabelo por medo de ficar sem ele e por achar que não é um investimento mas sim um crédito ao consumo, pedido num acto de loucura e com um plano de pagamentos vitalício. Mas o meu almoço cabe perfeitamente numa caixa de vidro qualquer, não compro marmitas, não compro revistas com informação que não me interessa e também não uso sacos de marcas famosas fingindo uma condição que possa ou não ter. Prioridades que também só as mulheres têm. É melhor não cair na tentação da crítica rápida, e pouco pensada, sobre temas que pode eventualmente desconhecer: prioridades e mulheres.


    • Não deve ficar caro se pintar o cabelo em casa com tinta da loja do chinês.

    • José Peralta says:

      Luís Lavoura

      “Então a mulher tem dinheiro suficiente para pintar o cabelo mas não para comprar uma marmita? Cheira-me que há aqui uma história mal contada… É que a pintura do cabelo é certamente mais cara que uma marmita!”

      E a mim “cheira-me” a que não percebeu nada do texto…

  2. Luís Lavoura says:

    Não eram cabelos brancos, eram madeixas de realismo pintadas com mestria para fazê-la parecer quase uma de nós.

    A minha mulher também tem bastantes cabelos brancos espalhados pelo meio da imensa maior parte dos cabelos, que ainda é castanha. E eu também tenho os cabelos perfeitamente castanhos, excetuando apenas uma dezena ou duas deles que são brancos. É natural. A Letizia será provavlemnte a mesma coisa – não tem que pintar o cabelo para ser assim.

  3. mdlsds says:

    Belo texto!

  4. ZE LOPES says:

    Apoiado Carla! Seria uma revista espectacular!

    Eu próprio já tentei arranjar investidores para uma revista diferente chamada “Cus”, que mostraria o “avionete set” local (jets é para muito mais ricos) de costas. Não tenho tido sorte.

    Parece que o problema é arranjar fotógrafos à altura. Seria necessário reciclar uns paparazzi, creio eu. Disseram-me que fica caro!

Trackbacks


  1. imagenes de tatuajes para mujeres hermosos

    Os cabelos brancos de Letizia – Aventar

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.