Quando Seixas da Costa, o embaixador pistoleiro, andava aos tiros a jornalistas

Depois de ter chamado javardo a Sérgio Conceição, aos portistas e aos sportinguistas apoiantes de Bruno de Carvalho, o embaixador Seixas da Costa veio admitir que provavelmente não escolhera bem as palavras.

É uma constante, de resto, na vida desta personalidade pouco diplomática: a má escolha das palavras e das acções.

Que o diga o jornalista Simões Ilharco, que em 1975 levou um tiro. Seixas da Costa deixou-o entre a vida e a morte.

Muita sorte teve Sérgio Conceição. Desta vez, o embaixador pistoleiro ficou-se pelas ofensas verbais.

Pouco certeiro no tiro a Ilharco, que ainda assim escapou, Seixas da Costa foi bem mais certeiro nos seus disparos politicos. Com um único tiro junto do ICOMOS, assassinou a Linha do Tua em nome de uma barragem que interessava a muita gente.

Interessava ao Governo PS, que em 2017 o nomeou para o Conselho Geral da RTP. Interessava à construtora Mota-Engil, que o convidou para administrador da empresa. Interessava à EDP, que também o convidou para seu administrador.

É hoje tudo isso e ainda administrador da Jeronimo Martins e opinador em tudo o que é sítio.

Não há almoços grátis e Seixas da Costa sabe-o melhor do que ninguém. Ele e a generalidade do PS, que neste tipo de promiscuidades consegue ser ainda pior do que o PSD.

Os outros? Os outros são uns javardos.

 

 

 

Comments

  1. Rui Naldinho says:

    A ser verdade, estamos perante um caso de “violência doméstica”, uma vez que ambos se constituem como simpatizantes da mesma área política.
    Quanto ao jornal “O Crime”, este é de facto um meio de informação digno de ser lido, será que ainda existe(?), tendo em conta que a “Gaiola Aberta” do saudoso Vilhena, se escafedeu das bancas até ao fim dos nossos dias.
    Só um reparo. Duarte Lima ao que parece é muito melhor pistoleiro do que Seixas da Costa, pois rezam as crónicas do crime, que este atira mesmo a matar, fazendo lembrar o actor Lima Duarte, quando interpreta o papel de “jagunço” nas telenovelas brasileiras.

    • Ricardo Ferreira Pinto says:

      Cuidado, Rui, que vêm já os paladinos da moralidade dizer que está a difamar o homem. Saquarema, não era?
      A nossa “élite” é um espectáculo!


  2. ,… rodagem curricular descaradamente lobista que demonstra bem que :

    “…Não há almoços grátis e Seixas da Costa sabe-o melhor do que ninguém. Ele e a generalidade do PS, que neste tipo de promiscuidades consegue ser ainda pior do que o PSD.

    Os outros? Os outros são uns javardos.”

    Obrigada pela denúncia mordaz, Ricardo,
    e venham mais a avisar a malta !

  3. Francisco Seixas da Costa says:

    É claro que, para o que aqui importa, os factos são talvez irrelevantes. Mas para o caso de a censura de publicação deste esclarecimento não ser praticada, valerá a pena registar a circunstância, repito, quiçá despicienda para o objetivo deste post, de se ter tratado de um acidente com uma arma quase de museu, perante uma imensidão de testemunhas, todas felizmente ainda vivas, incidente que foi sujeito à devida investigação pela justiça, da qual foi concluída a minha total isenção de culpa e de intenção. A vítima do acidente, com a qual mantenho as melhores relações, também aí está para comprovar tudo isto. Mas isso agora não interessa nada, não é? Ms fica bem o Aventar ecoar um jornal “prestigiado”.

    • dariosilva says:

      Fico naquele limbo existencial ao tentar perceber como pôde um embaixador de Portugal na UNESCO pactuar com a edificação, monstruosa aliás, da Barragem do Tua – um escarro.
      Fico no limbo até ao momento em que me lembro que Seixas da Costa viria a ser contratado pela EDP, uma empresa de capital chinês que celebrou com os contribuintes portugueses um contrato leonino de rendibilidade das suas barragens, mesmo daquelas – como a do TUA, – que não produzam uma certa parte de corrente eléctrica.
      Parabéns. Nada disto me surpreende.

    • antero seguro says:

      Quanto a factos que refere aceito as suas explicações concordando com ambas quanto aos insultos gratuitos acho lamentável que o Senhor desprestigie dessa forma o cargo de Embaixador, pessoas respeitáveis que duma forma geral se devem sentir ofendidas pelo seu comportamento de tão baixo nível intelectual. Quanto aos cargos que ocupou são tudo meras coincidências e dependeram como é óbvio da sua “alargada competência”, qualidade esta refinada que bafeja aqueles que estão próximos do PS.

  4. Julio Rolo Santos says:

    Seixas da Costa estará senil? Não acredito mas algo de grave se terá passado com ele. O homem passou-se e Sergio Conceição, e não só, apanharam por tabela.

  5. antero seguro says:

    Ricardo Pinto acertou na mouche com este excelente post, levantando uma inconveniente cortina (reforçado com o quase sempre e assertivo comentário do Rui Naldinho) o post em causa não é meramente opinativo pois refere factos indesmentíveis um deles graves os outros (partilha de tachos) são perfeitamente “normais” nesta democracia fantoche em que vivemos. Este blogue que muito aprecio, parece começar a ficar contaminado, achando eu estranho, haver neste momento pelo menos 13 pessoas que discordam. Das duas uma, ou têm uma enorme conflito com a realidade dos factos que veem apenas às cores, ou então trata-se de um simples caso de azia momentânea que neste caso pode sempre ser ultrapassado com uma boa dose de Kompensan diária.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.