Visita do chefe de Estado Marcelo Rebelo de Sousa à província de Cabo Verde


Aspecto da visita que Sua Excelência o Presidente da República está a efectuar à província de Cabo Verde em África. O digníssimo representante do império de Portugal, que era acompanhado pelo presidente do Conselho, o ilustre Dr. António Costa, foi recebido pelas autoridades locais.
De forma muito afectuosa, como é seu timbre, o senhor presidente da República estabeleceu contacto com a população cabo-verdiana, a quem transmitiu os votos mais sinceros em nome de toda a metrópole.

Comments

  1. Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

    Eu, hoje com 70 anos, li o texto 🙂 e sorri, porque me lembrei das mensagens que o antigo Secretariado Nacional da Informação – SNI – passava em situações semelhantes no tempo da velha senhora.
    Recuei no tempo 🙂

  2. Ana A. says:

    Acontece que eu ontem tive o mesmo pensamento:

    mas porque raio é que no Dia de Portugal se exalta tanto as “fardas”/belicismo, as ex-colónias/imperialismo e os emigrantes/desterrados?!

    Saudades do passado?

    Sinto-me tão, mas tão excluída…


  3. Pasme-se! O gajo continua na sua Catrineta até à Costa do Ouro (agora marfim). E se mais mundos houvera … E como está tão perto, porque não um salto a STP (Afinal “Somos Todos Primos”). Recomendo-lhe que se fique por aí! Descer até Angola? é arriscado demais. Aí, fia mais fino. Um conselho de quem bem sabe que ali não se brinca em serviço, nem nos banhos de águas quentinhas.

  4. Julio Rolo Santos says:

    Que bom que é a democracia em que qualquer democrata de aviário pode dizer gracolas de quem não lhe é afim. Cuidado que o chicote vem aí ao virar da esquina.

    • Dragartomaspouco says:

      Não se deve dar muita importância às graçolas deste Pinto.
      Ainda está de ressaca por causa dos 2 milhões.
      Perder campeonato e pagar 2 milhões é muito para aquelas cabecinhas de alho.
      Oremos, senhores

      • Paulo Marques says:

        Quem vai pagar milhões vai ser o estado por defesa do bom nome de quem não o tem. Novamente.
        Ao menos já sabemos que assumem que os emails são verdadeiros.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.