Um prémio Nobel da Paz bem entregue

O Prémio Nobel da Paz deste ano foi entregue aos jornalistas Maria Ressa e Dmitry Muratov, pelo corajoso trabalho no ambiente hostil dos regime autoritários das Filipinas e da Federação Russa, respectivamente. Neles, presumo, o Comité Norueguês homenageia todos aqueles que lutam pela liberdade de expressão e de informação, que lutam pelo jornalismo livre, nesta era da fake news, de manipulação em massa da opinião pública, de normalização do discurso de ódio, da ignorância arrogante daqueles que atacam os jornalismo porque viram a verdade absoluta num qualquer vídeo no YouTube, postado por um chalupa qualquer, e de ditadores branqueados com epítetos como “iliberal”. O trabalho do jornalismo, mais do que nunca, é fundamental para combater o retrocesso democrático, em particular no Ocidente onde muitos achavam ter chegado ao “fim da História”. Não chegamos. E a luta continua! Viva o jornalismo, vivam as liberdades de imprensa e de expressão!

Comments


  1. Deviam era arranjar um Nobel para os patrões da Comunicação Social.

  2. estevesayres says:

    O jornalismo em Portugal, está cada vez mais ligado ao poder politico e até ideológico mas sei que existem excelentes jornalistas… Na minha modesta opinião, foi bem entregue o Prémio.
    Uma vez mais, estão de parabéns todos aqueles jornalistas que não se deixam intimidar pelos seus directores e poder politico…

  3. J. M. Freitas says:

    “está cada vez mais ligado ao poder politico e até ideológico ” Será? E o poder financeiro? Esse não manda em nada?

  4. Emilio Antunes Rodrigues says:

    Pois foi bem entregue desde que seja entregue a alguém a quem elegemos como inimigo como são os malandros dos russos e agora o governo das Filipinas que parece estar a virar-se para os chineses tudo bem enquanto Julien Assenge jaz nas masmorras de uma prisão de alta segurança na democrática Inglaterra porque teve a ousadia de denunciar crimes de guerra e contra a humanidades pelas tropas americanas no Afeganistão e no Iraque, é assim a liberdade de imprensa actual e se alguém revelar estas situações ou são escondidas ou são fake news.
    emiliorodrigues

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.