A escuridão não tapa a miséria

Mais de 100 pessoas, estavam já pela meia noite, à porta do Centro de Emprego de Portimão.

Mais de 100 pessoas estavam já, pela meia-noite de hoje, à porta do Centro de Emprego de Portimão. (daqui)

Podemos apagar a luz para não ver a realidade, podemos dar-lhe voltas e olhar para o país com um milagre económico, como Pires de Lima fez ontem, descaradamente. Podemos ver as gargalhadas da ministra swap no Parlamento e, às vezes, achamos mesmo, mesmo, mesmo que vivemos num país diferente. Mas a realidade é como as baratas, sobrevive a tudo e, mesmo mascarada, entra-nos pela porta dentro com estrondo. [Read more…]

Cavaco apaga Mexia!

Face ao discurso de Cavaco Silva, em que aflorou a questão das desigualdades no país, Mexia vem dizer que o que ganha (3.5 milhões de euros) é um assunto interno da empresa. São os accionistas que têm o poder de lhe fixar a remuneração.

É mentira Dr. Mexia, no caso dos monopólios e das empresas públicas não é esse o entendimento, mas no seu caso é ainda pior, porque quem lhe paga os vencimentos milionários são os seus clientes que pagam a electricidade duas vezes mais cara que os clientes europeus.

Percebe, Dr. Mexia, se os preços resultassem de um mercado competitivo onde o mérito fizesse a diferença, os accionistas não ganhavam nem metade do que ganham e, por isso, não lhe fixavam o vencimento milionário que aufere.

Olhe que nós pagamos mas não somos estúpidos!