Blatterxemplo

blatter seguranca social

Blatter demite-se

Notícia via Zeit Online. Declarações via Sky News.

Como viciar um jogo de futebol do mundial – manual de instruções

Podem-se comprar jogadores mas o mais fácil é corromper o árbitro e os seus assistentes, lê-se na reportagem resultante de uma investigação do The Telegraph e do Channel 4. Mas quem o diz é Christopher Forsythe, o facilitador do negócio, natural do Gana. Sim, essa equipa à qual só por milagre (financeiro, ao que parece) iremos ganhar por meia dúzia de golos.

[Read more…]

“Last Week Tonight” com John Oliver: FIFA e o mundial 2014

Blatter: A FIFA é uma organização sem fins lucrativos.
Reporter: E os mais de mil milhões no banco?
Blatter: São uma reserva.

A escuridão não tapa a miséria

Mais de 100 pessoas, estavam já pela meia noite, à porta do Centro de Emprego de Portimão.

Mais de 100 pessoas estavam já, pela meia-noite de hoje, à porta do Centro de Emprego de Portimão. (daqui)

Podemos apagar a luz para não ver a realidade, podemos dar-lhe voltas e olhar para o país com um milagre económico, como Pires de Lima fez ontem, descaradamente. Podemos ver as gargalhadas da ministra swap no Parlamento e, às vezes, achamos mesmo, mesmo, mesmo que vivemos num país diferente. Mas a realidade é como as baratas, sobrevive a tudo e, mesmo mascarada, entra-nos pela porta dentro com estrondo. [Read more…]

O Pinóquio e Joseph Blatter

Hoje, Neil deGrasse Tyson teve um daqueles momentos. Ainda bem. Realmente, no universo do Pinóquio, a pergunta “o que aconteceria ao nariz do Pinóquio, se ele declarasse: ‘o meu nariz está prestes a crescer’?” não tem resposta.

A pergunta “Ronaldo ou Messi?”, em princípio, digo eu, muito subjectivamente (desconheço parâmetros para aferir objectivamente esta matéria, mas admito que existam) não tem resposta objectiva no planeta Terra. Prefiro Ronaldo, mas a minha condição de português, provavelmente, toldar-me-á o discernimento. Contudo, na Oxford Union e alhures, estar-se-ão nas tintas para as minhas predilecções acerca deste assunto. Porquê? Porque não sou o presidente da FIFA. Não sei o que toldará o discernimento de Blatter.