Nem todos os povos têm a sorte de os ditadores morrerem por causa de uma cadeira (editado)

 

Editado: no momento em que escrevi e publiquei o que vai em baixo, a notícia que circulava atribuía o fim do ditador líbio a uma morte em combate. Sabe-se agora que não foi assim.

Não gosto de turbas, tenham ou não razão. Estive no meio de uma, das que até tinham razão, e não gostei. Ninguém é perfeito, diz o esquerdista que há em mim, e não apaguei a palavra raiva, mas nem a pena de morte nem a ira das multidões são aceitáveis, pelo menos quando estamos na plena posse das nossas faculdades mentais.

O ditador líbio torturou e assassinou milhares de cidadãos. Merecia por isso mesmo um julgamento decente, e esse teria sido o pior dos castigos. Uma morte assim sabe-me a pouco. [Read more…]

Na Líbia, o povo é que governa

     http://tv1.rtp.pt/noticias/player.swf?image=http://img0.rtp.pt/icm/images/articles/355434/socrates_libia_15381_4_01_N.jpg&streamer=rtmp://video2.rtp.pt/flv/RTPFiles&file=/informacao/socrates_libia_15381.flv

O homem diz que “o povo é que governa”. Pelos vistos governa melhor se aviões o bombardear. Coisas destas talvez expliquem o nervosismo de anónimos corporativos que se entretêm a postar fotos de outros com o Kadafi. “Ah e tal se errámos, não estivemos sós”. Puf!, grande coisa. Com o mal dos outros posso eu bem. Mas já ouvi dizer que a seguir publicarão as fotos do seu amado líder num jogging matinal em Tripoli.

Aventar Podcast
Aventar Podcast
Na Líbia, o povo é que governa
/

Só Saio Daqui Morto

 

Muammar está por um fio, e há quem diga que se pode vir a matar tal e qual um Hitler renascido.Entretanto lá vai matando os seus conterrâneos, sendo que se fala já em mais de dez mil mortos.
O homem, habituado que está a que lhe lambam as botas, desde os seus súbditos (à força) até aos políticos de caca como os nossos, e após quarenta e dois anos de poder absoluto, não quer largar a mama. É normal, ninguém pode levar a mal, a não ser, claro, os Líbios, que já estão fartos desta fantochada.
Em Tripoli há milhares de mercenários e os disparos são o pão nosso de cada minuto.
A chatice é que o petróleo continua a subir, já vai nos 120 dólares o barril de Brent e não se vê maneira disto acalmar.
Obama lá vai dizendo que o que se passa na Líbia não é bonito, e ameaça com mais uma guerra americana, e os outros políticos andam à espera de saber o que vai acontecer por lá para tomarem posições duras.
Estas revoluções Árabes, já vamos na terceira em poucos dias, são uma chatice para todos nós, mas uma necessidade para todos eles.

Não Nos Deixam Em Paz, O Melhor Será Mudar Alguma Coisa Por Aqui

Não há maneira de nos deixarem sossegados.
Toda a gente sabe que vivemos na corda bamba, com o dinheiro com que vivemos a não ser o nosso, e a pagarmos juros usurários por ele. Claro que se os juros estão assim altos, a culpa só nos pode ser assacada, mas isso não convém dizer, ou ainda nos acontece o mesmo que nos países de língua árabe.
Ora por falar neles, olho para o preço do petróleo e vejo que continua a subir. Hoje de manhã, o Brent já ia nos cento e três dólares o barril. Desta vez por culpa da Líbia do senhor coronel. Ora se o preço dos nossos combustíveis já era muito alto e os nossos vencimentos muito baixos, agora com os nossos vencimentos a baixar cinco, dez e mais por cento, lá vão eles voltar a subir o preço da gasolina e a do gasóleo. Que vai ser de nós? [Read more…]

Sócrates, Chávez e Kadafi

O Kadafi deve ter-se sentido envergonhado