A Sucessão de Sócrates…

… e o pragmatismo alemão.

Deixar uma resposta