Como ganhar dinheiro mesmo em tempo de crise PPP2

Uma das dificuldades dos empresários é programar os investimentos. Garantir que aquilo em que se vai investir vai trazer um retorno positivo para a empresa e ajudar a garantir novos investimentos.

Implica por isso um risco óbvio que é investir em algo que não vai funcionar, que se vai tornar um encargo, enfim fazer uma má aposta e eventualmente ter que fechar a empresa… por isso é que nem todos somos empresários, ou pelo menos empresários de sucesso.

Mas há uma forma fácil de contornar este problema. Se tivermos construído uma infraestrutura que nos está a dar prejuizo (por exemplo uma fábrica) só temos que vendê-la ao Estado e depois passar a cobrar-lhe uma renda pela sua utilização.

Pelos vistos é isso que se quer fazer na renegocioação que se está a fazer das Autoestradas do Douro Litoral e Litoral Centro.

Não acreditam em mim? Vejam o que diz Carlos Moreno no último Negócios da Semana.

http://sic.sapo.pt/online/flash/playerSIC2009.swf?urlvideo=http://videos.sapo.pt/0kQS2JPSFjwSd7RbzsOS/mov/1&Link=http://sic.sapo.pt/online/video/informacao/Negocios+da+Semana/2010/11/situacao-financeira-e-parcerias-publico-privadas04-11-2010-03750.htm&ztag=/sicembed/info/&hash=9EE6A7A2-534A-4021-9260-9806AC7B21A9&embed=true&autoplay=false

Carlos Moreno (minuto 22)
“Há concessões que estão a ser renegociadas no sentido de aumentar (…) as receitas das concessionárias. Todas aquelas concessões que estão a ser renegociadas, que estão em regime de portagem real, em que as concessionárias estão a ter prejuizo, estão a ser renegociadas para passarem a subconcessionarias da “Estradas de Portugal” que passará a receber as portagens e pagará uma renda fixa pela disponibilidade e pelo serviço.”

Comments

  1. Robin says:

    Muito bom mesmo, tambem estou a fazer por isso, e partilho tambem: http://robin4ever.blogs.sapo.pt/

Trackbacks


  1. […] propositadamente a despesa do Estado para ganhar a […]

Deixar uma resposta