20 euros para ser prof é um preço justo

Pelo menos é o que diz o Despacho 14293-A/2013, de 5 de novembro que vem definir o calendário e o custo da prova de acesso, ou de ingresso ou de conhecimentos ou sei lá o quê mais, que Nuno Crato se lembrou de exigir aos Professores Contratados Desempregados.

São duas áreas em que Nuno Crato tem sido brilhante:

– ajudar à privatização da Escola Pública;

– despedir e tratar mal os professores.

Siga para bingo, que se faz tarde! Dia 18 de dezembro é o dia!

20€!!!!

Continuo sem palavras!

Mas avanço com uma proposta: Nós, professores dos quadros, se chamados para a vigiar, faremos GREVE porque ela está COMPLETAMENTE fora do nosso conteúdo funcional!

Comments


  1. E onde tem lugar a dita cuja?


  2. E quem quiser ser professor que se f-lixe.

Trackbacks


  1. […] de ler o texto do João Paulo, concluí que, afinal, Nuno Crato teve, talvez, a ideia mais brilhante de sempre: graças à […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.