Grande Chefe falou. Hugh!

cavaco silva
O Senhor Presidente da República falou ao Povo (não sei é se o Povo ouviu o Sr. Presidente). Ficamos a saber:
a) O que já sabíamos, que as eleições são no único dia em que podiam ser, dia 25 de Maio.
b) Que a Europa é muito importante para Portugal (e um bocadinho, só um bocadinho, de vice-versa).
c) Que devemos votar e ter um comportamento civilizado (o bom coração do Sr. Presidente impõe que, cada vez que há eleições, se façam estes apelos à civilidade, como se em cada jornada eleitoral estivéssemos para pegar fogo uns aos outros; a que se seguirá a habitual congratulação pós-eleitoral em que se elogia o eleitorado por o acto ter decorrido com “elevado civismo”).
d) Que devemos discutir, cordial e propositivamente, as grandes questões europeias, relevando as suas dimensões futurantes, metafísicas, transcendentais e tudo o mais (as grandes questões, seus selvagens, não as pequenas; cordialmente, não assanhadamente, bárbaros).
e) Que estas eleições – e o PR enfatizou este ponto! – não são para deputados da AR nem para autarcas (os eleitores podiam estar distraídos…) mas para o Parlamento Europeu, por onde passa, como se sabe, tudo o que é importante na política europeia (passa, mas não fica; importa , mas não decide).
f) Os cidadãos, tal como como os crentes pensam que Deus tudo ouve e vê, devem ter presente, mesmo os ateus, que os mercados tudo ouvem e vêem e não devemos perturbá-los em pensamento, palavras e, muito menos, actos, não vão mais infernais penas financeiras cair sobre nós.
g) Decorre das anteriores que não devem os cidadãos, em caso algum, pôr-se a discutir aquilo que lhes interessa e muito menos inquietar o governo, para não o afastar da concentração em que está posto, arcando com a pesada tarefa de salvar o país (mesmo que seja com sacrifício – ou mesmo imolação – dos portugueses; não se pode ter tudo).
h) Finalmente – e sobretudo! – deixou o venerando PR uma uma importante mensagem implícita: façam lá as eleições, mas procurem não se meter em política!
O Senhor Presidente falou, ’tá falado.

Comments

  1. A.Silva says:

    Ahahahahahahah

  2. Fernanda says:

    O presidente é chato.


  3. Mas que sobrancelhas bem depiladas tem sua excelência mas coitadinho tem um ar tão triste e compungido – comove-me

  4. Manuel Lopes says:

    Faz-me lembrar uma figura de um filme de ficção científica, cujo título não me lembro. Será “A Múmia”? Eh pá, não posso estar com estas conversas. Ainda vou preso por dizer aquilo que penso…

    • José Peralta says:

      A “Múmia de Belém” é o nome correcto do filme (de terror…não de ficção científica !)
      É a história de uma múmia, que de vez em quando saía do sarcófago, para dizer umas patacoadas, e fingir que estava viva !
      Uma “grande produção ” da PSD Brothers of Hollyvode, que também produziu “A Mosca de S.Bento”, a história verídica de um mentiroso compulsivo, que tem por alcunha “primeiro ministro”…

  5. Alberto says:

    Os portugueses são os culpados! E têm tido os líderes que merecem! Eles estão no poder porque votaram neles.
    Nós portugueses somos um rebanho de ovelhas!
    Agora votem nos mesmos de sempre!

    OVELHAS

  6. joaquim ribeiro says:

    Estamos a fazer um estudo sobre as Eleições Europeias e precisámos da sua colaboração. Dedique, por favor, alguns minutos do seu tempo para preencher o seguinte questionário. As suas respostas são anónimas e confidenciais.
    Link do Inquérito :
    http://www.survio.com/survey/d/Q0P5U5N9S7M8Y2S9H

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.