Maria “vai com as outras” Passos Coelho

Passos expresso(fotografia@Expresso)

Falando perante um auditório maioritariamente composto por potenciais boys e assessores lambe-botas, Pedro Passos Coelho não perdeu a oportunidade de polir os neurónios dos seus soldadinhos de chumbo reunidos em congresso. Entre outros malabarismos vocabulares a que nos vem habituando, das mentiras calculadas que usou em campanha para iludir os portugueses ao ridículo que foram as suas inúmeras gaffes relativamente ao caso Tecnoforma, o primeiro-ministro disse este fim-de-semana aos seus mais destacados abanadores de bandeiras que “Nós (eles) não vivemos em fantasias”. Ninguém diria, pelo menos a julgar pelo vídeo recentemente tornado público pelo PSD, repleto de fantasias e mentiras, ou se tivermos em conta a fantochada que nos tentam vender relativamente ao falso milagre da queda do desemprego, principalmente agora que o Banco de Portugal, liderado pelo insuspeito (pelo menos na São Caetano) Carlos Costa, nos revelou que os números do governo foram falseados pelo estratagema dos estágios profissionais convertidos em empregos para efeitos estatísticos. Penso que estamos esclarecidos quanto às fantasias e quanto ao quão básico é este primeiro-ministro e os insectos parasitas que rondam as suas fezes.

Mas era sobre outra tirada deste ser desonesto que gostaria do vos falar. É que este indivíduo cuja palavra parece valer tanto quanto lixo não-reciclável, teve a distinta lata e a cara de pau de dizer, perante uma massa amorfa de jovens incapazes de contestar um líder tão baixo e medíocre como Passos Coelho, que “Não somos Maria vai com as outras, ‘digam-me o que quer o povo para eu dizer e fazer”. Se isto era uma crítica à oposição como o jornal Expresso fez crer, então parece que meia bala saiu para trás e rebentou directamente no focinho do aldrabão. Ou será que ele não se lembra de andar na rua e nas televisões a iludir as pessoas precisamente com aquilo que elas queriam ouvir? Recordemos algumas das falsas promessas que os portugueses queriam ouvir em 2011 e que Passos, qual Maria Madalena pré-Jesus Cristo política, usou para nos tentar comprar:

Nós não devemos aumentar os impostos

A política de privatizações em Portugal será criminosa nos próximos anos se visar apenas vender activos ao desbarato para arranjar dinheiro

Não contarão connosco para mais ataques à classe média, em nome dos problemas externos. Nós não olhamos para as classes de rendimento a partir dos 1000 euros, dos mil e pouco, mil euros, dizendo, aqui estão os ricos de Portugal, que paguem a crise

Acusava-nos o Partido Socialista de querer liberalizar os despedimentos. Que lata

Posto isto, e tantas outras mentiras que o povo queria ouvir e que Passos fez questão de lhes dizer, a tentativa de crítica do primeiro-ministro não lhe poderia assentar melhor. Passos Coelho é uma das mais belas expressões do significado da expressão “Maria vai com as outras”, sempre rodeado de pequenas outras marias, anestesiadas pela possibilidade de um dia virem a ter o seu tacho e preparadas para tudo o que lhes permita atingir os seus fins. Marias maquiavélicas sem coluna vertebral.

Comments

  1. José Peralta says:

    João Mendes

    Totalmente de acordo com o seu post ! Mas os potenciais boys e assessores lambe-botas, creio que têm os dias contados e perdidas as oportunidades de o serem, a não ser que os Portugueses continuem a ser masoquistas.

    O coelho, o aldrabão-mór falava em Braga no congressozinho do “seu” rebanho de virginais ovelhinhas do psd. Aquelas a quem o João Mendes chama “soldadinhos de chumbo” com a concernente “consciência cívica” e o neurónio adequado e único a condizer!

    Claro que a “plateiazinha inocente”, acredita ou finge, engole e aplaude, de olhos em alvo, tudo o que o “referencial de transparência” lhe debita, talvez na doce ilusão de virem a ser “potenciais boys e assessores”, porque lambe-botas, já a “plateiazinha” é ! ! E o biltre bem sabe para quem fala !

    É o mesmo espectáculo e atitude indecorosa que nos proporcionam na A.R., os “séniores” do grupo par(a)lamentar ! (A mim, “não sei porquê”, aqueles aplausos entusiásticos ao “grande líder”, a mim, sôam como o gigantesco zumbido de um enxame de varejeiras…)

    Não creio, (não quero crer !…) que uma ampla e significativa maioria dos nossos concidadãos, afinal “o mexilhão” que o canalha mentiroso, insiste em dizer com insultuoso e escarninho sorriso, que NÃO FOI quem pagou a crise, volte a votar na GIGANTESCA MENTIRA em que assentou toda a pulhítica de confesso e deliberado empobrecimento, desemprego, imigração forçada, a tragédia e desagregação de milhares de famílias, uma em cada três crianças com fome, idosos completamente desprotegidos e sem esperança, a destruição das instituições e valores democráticos, a venda do País a retalho!

    Porque é este o País que esta gentalha nos vai deixar, e o imbecil e ignóbil mentiroso-mór, o “maria vai com as outras”, sabe e lembra-se muito bem “de andar nas ruas a iludir as pessoas com aquilo que elas queriam ouvir” !

    E se “não sabe, ou não se lembra”, ” a gente não se cansa de o lembrar, com este vídeo que, em boa hora, alguém do Aventar tornou público e eu não me canso de difundir, além das citações da besta, que o João Mendes publicou no seu texto. !

    https://www.youtube.com/watch?v=gNu5BBAdQec

    Quanto ao vídeo repleto de fantasias e mentiras, revela o patente desprezo pela VERDADE e o desespero da eminente perda de “tachos” e até de imunidade parlamentar, ( como eu gostaria de ver esclarecidos em Tribunal, os “submarinos”, as “tecnoformas”, os “enganos” na Educação”, os “transtornos” e o estado de citius na Justiça”, etc. !

    O vídeo só engana a “massa amorfa dos abanadores de bandeiras” ou quem quiser voltar a ser enganado por um canalha mentiroso e rasca do qual, dizer que é “um líder tão baixo e medíocre”…É POUCO !


    • só é pena que tantos continuem a colocar o país de lado para seguir e venerar este tipo de pessoas José. o senhor que se segue é António Costa mas com certeza que a seguir teremos outro Passos..

      O vídeo é da autoria do Ricardo Santos Pinto, verdadeiro serviço público 🙂

      Obrigado pelo comentário, muito pertinente…

      • José Peralta says:

        Obrigado pela informação, João Mendes ! Não sabia que o autor do vídeo, que tenho usado frequentemente aqui e noutros lugares, é Ricardo Santos Pinto, a quem, vivamente felicito. E sim, é um verdadeiro serviço público !

        Quanto ao “sr. que se segue”, o que eu penso é que a primeira prioridade, é ver-mo-nos livres destes canalhas, porque a hecatombe é tão dramática, a tragédia dos Portugueses é tão grave e profunda que, venha quem vier, Portugal JÁ não pode ficar pior !

  2. joao lopes says:

    mentir é um “estilo de vida”?enganar é um dos “10 mandamentos”?empobrecer(consciente e voluntariamente) as pessoas para que tudo fique muito pior(os ricos são cada vez mais ricos:facto) é uma filosofia inventada em chicago? ameaçar com despedimentos colectivos na TAP é uma “simpatia natalicia” do actual PM? pois a culpa é da….Amalia.


  3. O Aventar já não tem graça nenhuma – foi na corrente da inutilidade

    • José Peralta says:

      “Foi na corrente da inutilidade”, porquê ?

      E “o Aventar, não tem graça” porquê ? A Maria Celeste vem aqui para se rir ?

      Para isso, permito-me sugerir-lhe o “blasfémias”…

      Não tem nada que me agradecer !

      • joao lopes says:

        isso mesmo.o “blasfemias” é o blog…da helena matos e do prof.cunha, sendo que o “observador” é um mega-blog de propaganda ao…PSD.


    • Maria Celeste Ramos não julgue todo um blog por um autor fraquinho.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.