Marcelo, de comentador a Presidente:


Há quantos anos anda o Senhor a dar palpites sobre os incêndios?

Comments

  1. Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

    Não sendo um defensor político de Marcelo, entendo que os palpites que ele deu estes anos todos, não passaram mesmo disso. E não sei que mais poderia fazer… Agora o que me caiu mal nele, com toda a sinceridade, foi afirmar na Madeira, quando lhe puseram o microfone à frente (coisa irresistível para o personagem), que a partir de Setembro vai pensar-se no ordenamento territorial.
    Perdeu uma rica oportunidade para ficar calado, pois estas coisas não se anunciam aos microfones como o faz um vulgar comentador. Executam-se.
    E mais, até hoje, nem uma palavra sobre responsabilidades políticas. E estas, não estão apenas, no ordenamento territorial.
    Se quiser, caro João Paulo, não há diferença nenhuma na aproximação presidencial a este problema e eventuais soluções, com a crise e responsabilidades da banca.
    Ou silêncio ou quando se fala, entra mosca ou sai merda.

  2. MJoão says:

    Palpites todos damos, mas para mudar é preciso ter poder, e a generalidade dos portugueses tem uma estranha forma de o exercer .
    A partir de agora, sim, poderemos apontar-lhe o dedo ( a ele e aos outros) se nada for feito.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s