Advogado de Vara mostrou-se surpreendido


Também eu não estava à espera, especialmente quando comparado com as consequências de furtar champô e polvo.

Comments

  1. Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

    Finalmente pode chamar-se criminoso a alguém de colarinho branco e pescoço empinado.
    Os outros são apenas e só “suspeitos” e assim continuarão até
    1 – Não haver indícios suficientes para a acusação
    2 – O caso prescrever.

    Ditosa Pátria que tais filhos tem… E Justiça também.

  2. anti pafioso. says:

    Ó Vara então recebes uma caixa de rebalos e levas 5 anos, olha se sacasses 40 milhões ao BPN possivelmente não te acontecia nada .

Trackbacks


  1. […] “prova suficiente, suscetível de ser confirmada em sede de julgamento“. Como se sabe, com polvo e champô é mais […]

Deixar uma resposta