Quem se mete com o PS…


Leva!

Comments

  1. Rui Naldinho says:

    Ó António, você agora fez-me lembrar aquele “JgMenos”, que aqui escreve uns comentários deliciosos.
    Se olharmos para o Donald Trump e para o “monhé” do Costa, nós ficaríamos na dúvida se ambos não eram a mesma pessoa, dadas as semelhanças físicas e o sotaque no inglês de ambos na conversação. E a assinar os decretos? Então aquele do muro com o México, parece Costa a colocar a vaca a voar. O cabelo de ambos e a tez da pele têm coincidências enormes. Por outro lado, a esposa de Trump é do mesmo género da esposa do Costa. Parecidissimas. Só que a eslovena é boa que se farta, apesar daquele ar lerdo. A do Costa só deve ser boa para ele próprio. Aquele ar céltico dos filhos do Costa fazem-me lembrar os filhos de Trump. Tem todos ar de quem vende roupa de marca feita na Ásia e perfumes feitos na fábrica e loja do AchBrito, mas com marca registada de uma estilista.
    “A vantagem de Trump, é que o americano de origem escocesa e germânica não gosta de Indianos, e o Costa tolera-os.”
    Pelo menos, por aquilo que vamos vendo ali para os lados dos Restauradores, na Alimrante Reis, Praça de Espanha, para além outros locais da nossa capital.
    Só há uma diferença entre os dois, Costa não gosta do “Observador” e do “Correio da Manhã”, mas ignora-os, e Trump não gosta de nenhum jornal e televisão da USA, só gosta do “Twitter”, e daquele seu “jornal diário”, o “Fake News”, que é tudo aquilo que o Correio da Manhã e o Observador são. Logo, se Trump vivesse em Portugal tinha pelo menos dois jornais a seu favor.
    Bravo, António! Excelente, João Marques de Almeida!
    Vamos pedir à RTP para nos reavivar a memória com aquele velho anúncio dos anos 70, do restaurador OLEX, com Costa e Trump lado a lado.

    • Caro Rui, não estou a subscrever o artigo, apenas a criticar a postura de A. Simões…

      • Rui Naldinho says:

        De facto o homem é patético! E resta saber se tem corpinho para dar a tal par de bofetadas! É que pode ter azar, e virar-se o feitiço contra o feiticeiro.
        Mas como escreveu essa palermice no Twitter ou no Facebook, aquele espaço “privado” que serve para o próprio azedar contra os seus inimigos públicos, e só lá vai quem quiser lê-lo, eu acho um exagero associar essa frase a um partido
        Jorge Coelho disse-o, se não me falha a memória, num comício, ou num congresso, o que é coisa bem diferente. E era a segunda figura do Partido nessa altura, depois de António Guterres.

  2. ferpin says:

    Acho um piadão a estes artigos de virgens ofendidas.

    O homem achou que a uma coisa tão execrável a resposta ao nível seria o par de bofetadas.
    Ou seja, está a dizer que a um monte de merda escrita daqueles, não se poderia responder adequadamente com a palavra escrita.

    Eu compreendo-o, o Costa responder àquela trampa seria dar-lhe importância ou dignidade. Alguém deu um real par de bofetadas ou ficou pela metáfora?

    Já agora, se um escriba escrevesse um monte de merda desses sobre mim, e eu não tivesse problemas de temer pela minha carreira política por causa de virgens ofendidas como o autor deste artigo, se calhar dava-lhe mesmo o par de bofetadas.

  3. Caro António, Um individuo que compara Costa a Trump não passa de uma besta quadrada. Dar-lhe um par de bofetadas apenas serviria para sujar as mãos. Numa breve declarações de interesses apenas posso dizer não me identifico com o PS. Claro que este “jornaleiro” com este tipo de escrita ganha pontos e de certeza com grunhidos deste calibre será sempre o último a ser despedido.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s