Rui Vitória tem razão

«o jogo nas Antas — o momento em que nós também marcamos o golo, quase a acabar — foi outro ». Exactamente.

Feira do Livro de Lisboa

Inicia-se no próximo dia 1 de Junho a Feira do Livro de Lisboa. Os escritores são maravilhosos. O pessoal que, dentro dos contentores, vende os livros, ganha 3 euros à hora e tem contrato por duas semanas. Suba-se o rating da República. Acima de lixo, mas não muito. Para não dar nas vistas.

Estupefacto sem pê

É só porque há pessoas que são muito maiores do que parecem, mas claro que isso só se aprende quando elas deixam de estar.

— Carla Romualdo

***

Antes de passarmos à inusitada ocorrência de estupefacto sem pê (+ vogal), há pouco detectada e transmitida por amigo atento, consultemos a edição de hoje do Diário da República.

Efectivamente, tudo como dantes, no sítio do costume.

Agora, para registo [Read more…]

A Estatística

A Estatística é um ramo da Matemática mas também um instrumento da Política.

Ela é usada no reino da quantidade mas é totalmente cega no mundo dos detalhes qualitativos, aqueles que realmente definem a essência das coisas e, na medida em que isso é humanamente possível, espelham a verdade.

A Estatística domina, há muitos anos, a maioria dos processos que o Homem utiliza para adquirir Conhecimento, ou pelo menos a ilusão dele. Acontece que a exactidão da Estatística é permeável à intencionalidade da inquirição e do inquiridor. Dito de outro modo, é possível retirar da Estatística uma conclusão que foi previamente e por convenção estabelecida como verdadeira, ou desejável, bastando para tal colectar, inquirir e interpretar os números de acordo com mecanismos matemáticos que garantem, com enorme probabilidade, uma resposta experimental que a confirma. Mesmo que contradiga a realidade.