Marco António Costa é muito fraquinho


Que coça impressionante o homem levou. Espanta que tenha o destaque que tem no partido. Pela oratória e argumentação não será, certamente.

Comments

  1. JgMenos says:

    Ficou para ver…e viu, a merda que a geringonça armou.
    Cabrestos idiotas armando o país em asilo planetário.
    O antónimo de cretino não é xenófobo.

  2. Carlos Correia says:

    É baixinho em tudo e muito doente, o coitado! Sofre de má deglutição e necessita urgentemente de tratamento para a sua odinofagia, já para não falar da sua famosa disfagia avançada crónica.

  3. Ana A. says:

    Pareceu-me que o homem estava um bocado encolhido…coisa que não é hábito dele!
    Será que estará para breve o resultado das investigações sobre a sua pessoa, e ele quer passar despercebido?!

  4. Evidentemente que o PCP/BE/PS querem imigrantes o quanto mais pobres possíveis, pois podem fazer deles muito rapidamente subsidio-dependentes, que é o mesmo que dizer “votantes na esquerda”.
    Já imigrantes que tragam dinheiro , podem contribuir para a criação de empregos que tornam as pessoas menos subsidio-dependentes, (que deixam de votar na esquerda), não são bem vindos por parte do PCP/BE/PS.
    A estratégia é conhecida e faz sentido.

    Rui Silva

    • Rui Naldinho says:

      As coisas que tu sabes, ó SIIlva!!
      Tu aprendeste isso, na Universidade de Verão, em Castelo de Vide?
      Os imigrantes não podem votar, a não ser para as eleições autárquicas, e nem todos têm essa possibilidade.
      Por ex: um Tailandês, ou um Senegalês, já não podem exercer esse direito. Mas para isso, eles têm de estar recenseados.
      Isso só por si, já limita a sua possibilidade de influenciarem as políticas sociais de um qualquer país, uma vez que essas decisões são dos Governos e do Parlamento. Acresce que a maioria dos imigrantes, nem sequer está recenseada.
      Portanto, ó SIIlva, em vez de leres Platão, nesta altura serve-te de pouco, aproveita e lê Constituição da República e consulta o site da CNE, em vez de dizeres disparates.

      • O Nalguinhas que pensa que as ideias que lhe meteram na cabeça são dele, tem que começar a pensar com a sua própria cabecinha.
        Como é inteligente e bem informado, só pode ser mal intencionado.
        Ora pensa lá um bocadinho, mas agora com a cabeça, se os imigrantes por exemplo em França e Inglaterra votam.
        Depois os que chegaram recentemente serão objecto dos mais profundos estudos dos “engenheiros sociais” do PCP/BE/PS para produzirem mias uma “questão fracturante” – porque é que um imigrante não pode votar ? Já estou a ver os Outdoors do BE…
        Exemplo ? :
        http://www.dw.com/pt-br/cada-vez-mais-estrangeiros-querem-direito-a-voto-na-alemanha/a-3076838.

        Nos intervalos do Avante dê uma leitura no “Submissão” de Houellebecq .

        Depois há ainda uma outra razão para esta pretensão do PCP/BE/PS que se dá pelo nome de: estratégia “Cloward–Piven”.
        Ou seja o velho lema de quanto pior melhor para os canhotos.

        Rui SIlva

        • Rui Naldinho says:

          Ó SIIlva, deixa-te de premonições!
          O Diabo já anunciou que não se recandidatava, pá!

        • ZE LOPES says:

          SIlva, V. Exa. está outra vez em fase de excitação. Nota-se pela ereção do I. O melhor é voltar ao Adam Smith. Pode ser que salte a “mão invisível” e o alivie.

    • Evidentemente que o PCP/BE/PS querem imigrantes o quanto mais pobres possíveis, pois podem fazer deles muito rapidamente subsidio-dependentes, que é o mesmo que dizer “votantes na esquerda”.
      Já imigrantes que tragam dinheiro , podem contribuir para a criação de empregos que tornam as pessoas menos subsidio-dependentes, (que deixam de votar na esquerda), não são bem vindos por parte do PCP/BE/PS.
      A estratégia é conhecida e faz sentido.

      Que delírio. Isto parece influência de fumos ácidos.

    • aaanika says:

      os verdadeiros subsidiodependentes são aqueles que só este ano receberam 2.500 milhões de euros em benesses de irc e outros rendimentos minimos.

      • Evidentemente que também fazem parte da extensa lista que quanto maior melhor. Já pensou por que é que se vê empresários muito ricos a votarem PCP/BE/PS , configurando o chamado Capitalismo Selvagem?

        Rui SIlva

        • Rui Naldinho says:

          ” Já pensou por que é que se vê empresários muito ricos a votarem PCP/BE/PS , configurando o chamado Capitalismo Selvagem?”

          Em vez de beberes da garrafa, eu se fosse a ti bebia diretamente do garrafão.

          • ZE LOPES says:

            Desculpe, mas do garrafão já bebe ele! A sugestão é que chegasse diretamente ao pipo e, em seguida, ao tonel!

        • ZE LOPES says:

          Há três coisas que nunca consegui ver na vida: um homem a parir, um defunto a ressuscitar e um capitalismo que não seja selvagem.

        • ZE LOPES says:

          É verdade! Veja-se o resultado do Marco de Canaveses! Aquilo foi obra do Belmiro!

        • ZE LOPES says:

          Agora a sério: é verdade que, na mesa de voto da Quinta da Marinha as “esquerdas unidas”, em conjunto, atingiram os 120%! E o mais curioso é que os mordomos e as criadas votam todos fora, que é para não haver misturas.

          Como é que foi possível aquilo dos 120%? Ora essa! No mundo dos ricos tudo é possível!

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s