Lei Maria da Penha completa 12 anos

O Brasil tem uma das legislações mais avançadas do mundo em  defesa dos direitos das mulheres. Sancionada em agosto de 2006, pelo ex-presidente Lula, a Lei nº 11.340, conhecida como Lei Maria da Penha, foi um importante marco para combate à violência contra a mulher.

Os dados porém revelam que nos últimos anos (principalmente após o Golpe que possui forte caráter machista e misógino)  as altas taxas de feminicídio do país colocam o Brasil como o quinto país em numero de mortes de mulheres.   São 4,8 assassinatos a cada 100 mil mulheres. Em 2017, foram registrados 4.473 homicídios dolosos de mulheres (Agência Patrícia Galvão). O número pode ser maior uma vez falta padronização e registros, o que atrapalha o monitoramento desse tipo de violência no país.

Na noite dessa terça, 07, mulheres protestaram em Minas Gerais em razão de 433 casos de feminicídio registrados no estado.

Ativistas temem que com avanço de forças políticas conservadoras e machistas cujos representantes incentivam a violência contra mulheres, o número de assassinatos de mulheres aumentem no país após as eleições. Vários casos recentes de assassinatos brutais de mulheres no Brasil, tiveram como autores seguidores e eleitores dessas correntes políticas fascistas.

Comments

  1. JgMenos says:

    Treta esquerdalha.

    O fascismo nasceu da mão de socialistas.

    Dessa cultura de frustrados nasceu a política como mentira organizada.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.