Uma boa notícia

Dewayne Johnson, que sofre de cancro linfático em fase terminal, processou a Monsanto

Ultimamente, dado o estado prostituído dos governos face às multinacionais, é o terceiro poder, o judicial, que tem produzido algumas boas notícias. É o caso desta:

Na sexta-feira, um tribunal de São Francisco, nos Estados Unidos, condenou a Monsanto a pagar 290 milhões de dólares (253 milhões de euros) por não ter informado sobre os perigos do herbicida Roundup, na origem do cancro desenvolvido pelo jardineiro Dewayne Johnson.

Claro que o monstro, a dantesca Monsanto agora deglutida pela Bayer, vai recorrer da sentença e activar o seu poderoso e eficaz lobby, que há bem pouco tempo vergou vergonhosamente a comissão europeia. Essa mesma comissão pervertida que continua a promover e financiar com o dinheiro dos contribuintes uma política agrícola baseada no veneno e nas monoculturas intensivas.

Mas por agora, há que festejar. E desejar que esta decisão se faça sentir e denotar na queda das acções desse violento portento agro-químico que, a nível mundial, atenta contra a Sustentabilidade, a Biodiversidade, a Saúde e a Democracia.

P.S.-  Pode assinar uma petição pela proibição do Glifosato em Portugal: http://www.peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT76615

Comments

  1. Mário Reis says:

    Quando os Estados se baseiam em estudos e pareceres de laboratórios e centros de investigação de algum modo financiados por conglomerados e poder do dinheiro, sempre é de esperar que esta e outras substâncias perigosas não sejam liminarmente banidas nem condenados os seus agentes.
    Os mecanismos de produção e distribuição de renda e riqueza obedecem a este tipo de governo, numa lógica de via verde para o capital financeiro, conformados por ‘tratados’ como o do “Porreiro Pá!”.
    Desarmar financeiramente este poder crescentemente criminoso é uma tarefa que vai caber, cedo ou tarde, unicamente ao Povo, tal foi e é a cumplicidade dos que em nome dos cidadãos governam, impõem a vontade daqueles e continuam a posicionar-se como o principal bloqueio à tomada das medidas necessárias.


    • ” numa lógica de via verde para o capital financeiro, conformados por ‘tratados’ como o do “Porreiro Pá!”. …”

      Porreiro, pá lhe digo eu a si, Mário Reis, por esta !!


  2. Consigo a nossa revolta raivosa, Ana, sabendo nós como diz que danosamente acontece que essa hedionda Monsanto /Bayer
    “vergou vergonhosamente a comissão europeia.
    Essa mesma comissão pervertida que continua a promover e financiar com o dinheiro dos contribuintes uma política agrícola baseada no veneno e nas monoculturas intensivas…”

    Pela Sustentabilidade, a Biodiversidade, a Saúde e a Democracia não largaremos a luta até que o cancro nos mate !

  3. Miguel Fonseca says:

    Dos comentadores anteriores permitam-me questionar-vos: qual é o produto alternativo que usam ao RoundUp?

Trackbacks


  1. […] “E desejar que esta decisão se faça sentir e denotar na queda das acções desse violento porten… […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.