FIFA à Venda

Gianni Infantino planea en secreto vender todos los derechos relevantes del fútbol mundial a un consorcio vinculado a Arabia Saudí. Por 25 mil milhões, mas tanto faz.

Comments

  1. Rui Naldinho says:

    Por mim, pode vender o futebol a quem quiser. Por esse valor ou mais, isso pouco me interessa. Nunca tive dúvidas de que a troca de um suíço de ascendência alemã, por um suíço de ascendência italiana, nada mudaria no futebol mundial. Aquilo hoje é uma indústria tal como a Sandoz ou a Bayer, e se uma pode dar cabo do ecossistema, a outra alimenta milhões de alienados. O ano passado, ainda com Arsene Wegner nos comandos do Arsenal, um familiar meu deu a módica quantia de 300,00 libras para ver um jogo de futebol, entre os Gunners e outro clube britânico. Foi ele e a esposa.
    Só de loucos!

  2. Ana Moreno says:

    Pois Rui, a mim o futebol diz-me zero, ou pensando bem, 10 pontos negativos porque ocupa demasiado os noticiários. :-).
    Mas, segundo parece – e não me meto mais que isto no assunto, apenas li em fontes credíveis – o dito Infantino está a pressionar o conselho da FIFA a criar dois novos “formatos” para vender os direitos a um consórcio próximo da Arábia Saudita e quer vender todos os direitos da Fifa, tornando-se depois CEO do novo consórcio; Parece que não vai conseguir; mas para um indivíduo que em 2016 assumiu com a promessa de “renovação moral” da Fifa, após a corrupta “Era Sepp Blatter”, isto apenas deixa dar uma espreitadela à pouca-vergonha que por ali vai. É esse aspecto da podridão das entidades/instituições, etc. que tanto vómito dá.

  3. Paulo Marques says:

    E eu a pensar que tudo já se vendia no futebol… aliás, em todo o desporto profissional.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.