Palhaço rico, palhaço pobre

Um ministro prostrado e sem futuro neste governo.

Convenhamos: este confronto António Costa-Pedro Nuno (agora sanado com a humilhação pública a que o ministro das infra-estruturas e da habitação se submeteu) nada tem a ver com o aeroporto ou com os problemas do país.

Tem a ver, sim, com jogos partidários típicos do Partido Socialista. E é assim desde que António Costa sabe que, no futuro, poderá ver o seu legado destruído por uma futura vitória que coloque Pedro Nuno Santos à frente dos destinos do partido. E é por isso que António queima Pedro e Pedro desautoriza António.

Isto não tem nada a ver com o País. Nunca teve.

Comments

  1. Paulo Marques says:

    Não sei. Mal ficam todos é se não andar para a frente de vez, caso contrário daqui a um ano há muito mais com que nos preocuparmos.

  2. JgMenos says:

    A manada é uma só, mas há pastos diferenciados!

    • João L Maio says:

      Ora bem! E depois há as moscas, que pairam sobre as fezes que os pastos cagam. Neste caso, tu és uma mosca.

    • POIS! says:

      Pois de pastos parece perceber Vosselência!

      Não me diga que foi a si que o Oliveira da Cerejeira deu uma licença para comer erva em todos os jardins do país.

      Já ouvi muitas vezes a história mas nunca me identificaram o beneficiário. Será Vosselência?

      • POIS! says:

        Escusado será dizer que esse momento de profunda generosidade salazaresca é um dos grandes momentos da nossa História que terá, forçosamente, e pelo Menos, de ser resgatado do esquecimento.

        Será Vosselência a dar o primeiro passo nesse sentido?

        Estamos todos, pelo Menos, em pulgas!

  3. JgMenos says:

    A cambada enerva-se reconhecendo comportamentos da ralé em tão altos cargos…
    A memória não falta!

    • Paulo Marques says:

      Gente que é séria é mais fuga à segurança social durante anos e privatizar empresas para onde lhes arranjam um empregozinho.

  4. Abstencionista says:

    Caro L. Maio: não me digas que acreditas que estes tipos estão na política e no governo para resolver os problemas do país!

    (Com certeza já viste “A teia da aranha” da Netflix”; é só fazer o paralelismo com Portugal).

  5. antero seguro says:

    O PS, é quase sempre, uma caixinha de (más) surpresas. Um PM maquiavélico, implacável com quem lhe faz ou pode vir a fazer sombra, que adora secar tudo à sua volta. Por outro lado encontramos um ministro (PNS) que surpreendeu, primeiro positivamente, quando deu (mais um estrondoso) murro na mesa procurando alterar o arranjinho do bloco central (PS/PSD) que vista construir mais um crime de lesa pátria (aerogare do Montijo) e depois não foi consequente na apresentação da sua demissão dum governo frouxo e completamente rendido ao sistema podre em que vivemos. Perdeu uma oportunidade de ser livre. Mais vale morrer de pé do que viver de joelhos.

  6. Júlio Santos says:

    Continuar a discussão sobre o novo aeroporto é o mesmo que dizer que vai continuar tudo na mesma. O Ministro que tentou tomar a decisão de avançar foi travado por aqueles que nada querem fazer. Serão mais décadas a gastar dinheiro em estudos sobre estudos para nada.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.