A fraude do ensino privado

individualism

Qualquer professor com colégios por perto o sabe, os pais também, a compra de médias mais alta é um objectivo declarado de muitos. Eis que agora nos chega a demonstração matemática: as notas no ensino privado são inflacionadas, favorecendo os seus alunos no acesso ao superior e não só.

Esta vigarice, a que se acrescenta a realização das provas de exame nos colégios contrariando a tradição do ensino em Portugal e o bom senso, é conhecida, aceite, sacudida, suportada por todos nós.

Se do lado de quem pratica a desonestidade não espanta, seja a de quem compra porque instiga os seus a que passem por cima dos outros, fruto de um individualismo exacerbado e  imoral, seja de quem o proporciona, porque o seu objectivo é apenas o lucro e o ranking, já o silêncio do estado e sucessivos governos diz tudo sobre onde chegámos, neste caso a bem pior que há 40 anos.