O relatório de auditoria da CGD (sem censura)

Como tem sido amplamente noticiado o poder financeiro achou por bem entregar um documento censurado aos representantes dos portugueses na Assembleia da República. A comunicação social obteve de alguma forma a cópia do relatório censurado, podem ler a cópia divulgada pela TSF, ou por outros meios de comunicação.

Talvez como reflexo da competência do sector financeiro o PDF entregue na Assembleia da República não elimina de facto a informação. É o equivalente electrónico a esconder os conteúdos com post-it.

Versão censurada

[Read more…]

Segredo bancário?

A posse de 50 mil euros é argumento suficiente para obrigar os bancos a informarem o Estado deste facto. Já as perdas multimilionárias do banco do Estado não merece que esse mesmo Estado tome conhecimento do nome dos devedores.

O segredo bancário está ao nível de outros aspectos do actual panorama político, tais como o fisco e a justiça. Forte com os fracos e fraco com os fortes.

“Fiquei chocado com o que vi, independentemente dos números, datas ou nomes que lá estejam, mas que estão em branco. É de uma relativa opacidade face ao esforço que os portugueses fizeram com cinco mil milhões de euros de impostos”, salientou Rio.

[Read more…]

Um crash na lista negra do calote

Lista de devedores

Se tentar aceder à Lista de devedores na Segurança Social, “disponível” no site do organismo tutelado pelo singular Agostinho Branquinho*distinto utilizador do avental-tendência entre as elites sociais-democratas, imortalizado pela frase “o que é a Ongoing?” 8 meses antes de lá ir parar e peça central no mal explicado puzzle da Webrand que, espero, venha a plantar uma laranjeira mesmo ao lado da cela do 44 – irá deparar-se com o aviso em cima: “Esta página encontra-se em actualização“.

Será um problema informático? Será um avião? Será uma não-sabotagem como aquela que não aconteceu com o Citius? Estarão a ser eliminados registos de membros irresponsáveis do regime que não honraram os seus compromissos para com a Segurança Social? Não sabemos. Mas uma coisa sabemos: as Legislativas deste ano prometem.

Loading…

* Achei importante enquadrar o percurso ímpar do indivíduo de forma a atestar a sua singularidade. Muito mais haveria a dizer. Tudo a seu tempo.