A homenagem a MC Snake: Ela nunca se vai lembrar do pai

http://tv1.rtp.pt/noticias/player.swf?image=http://img.rtp.pt/icm/noticias/images/cb/cb2a07e7c1f23aa2a5f4fbfb1daf36f7_N.jpg&streamer=rtmp://video2.rtp.pt/flv/RTPFiles&file=/informacao/silencio_52582.flv
A manhã das pombas brancas e, em casa, uma pomba de 2 anos que nunca se vai lembrar do pai.

Morte que mataste lira

A PSP está em elevado grau de alerta e prevê retaliações violentas contra os seus agentes, na sequência da morte do rapper MC Snake, na passada segunda-feira. A revolta de grupos de bairros problemáticos está prevista para este fim-de-semana e todos os agentes são aconselhados a usar coletes à prova de bala. [Read more…]

MC Snake – Foi você que pediu uma explosão racial?


Porque uma, duas, três não são demais. Assassinado por quem é pago para nos defender. Foi você que pediu uma explosão racial?

Mc Snake não volta a cantar, e a polícia vai continuar a matar? (2)

A TVI24 recolheu junto de uma fonte policial um depoimento sobre o procedimento habitual num caso de fuga a uma operação stop:

Nos casos de fuga a uma operação policial, o procedimento habitual é o de recolher de imediato as características do veículo, a matrícula e enviar a informação à central que depois emite às restantes patrulhas, de modo a que o suspeito em fuga possa ser interceptado noutro local ou para que o caso passe para as brigadas de investigação criminal. «As perseguições acontecem quando existem mandatos de captura ou existe perigo para a vida dos agentes ou de terceiros», explicou a mesma fonte.

A mesma fonte chega a afirmar que o agente autor dos disparos pode ter agido para «mostrar serviço» já que, espante-se quem não conhece os processos de avaliação da função pública, «isso tem valor para a avaliação e para a progressão na carreira».

Dos comentários ao que já aqui escrevi retiro este testemunho de um leitor:

Moro em S. Domingos de Benfica e essa noite estava acordado.
Não vi, mas ouvi os disparos. Sim eu disse disparos no plural porque não foi nem um nem três tiros que o agente disparou contra o alegado grande criminoso, pelo menos nos olhos deste grande agente policial com queda para juiz de rua.
Nessa noite comecei por ouvir dois tiros seguidos e nem tinha passado três segundos, quando são disparados mais e desta vez não foram apenas dois. Bem, eu não sei quantas munições tem uma arma da psp mas leva-me a crer que este agente regressou á esquadra sem elas.

Faltam 418 dias para o Fim do Mundo

A polícia mandou parar uma viatura. O condutor não parou. A perseguição acabou com um morto. Desta vez não era mais um simples desconhecido. A bronca está instalada.

O país está falido. O governo tinha que procurar obter receitas. A vítima é a classe baixa e média baixa. É Portugal no seu melhor. Isso e os prémios da PT. É fartar vilanagem…

Em Portugal perdem-se actas como quem perde um isqueiro. E ficam leis por regulamentar. É a velha incompetência lusa em acção.

A crise não é culpa da banca nem dos especuladores. É dos hippies. Da Geração Rasca, passando pela À Rasca e terminando na Zero…Para relembrar outras gerações à rasca, toca a não perder pitada do The Pacific.

Assim vai o nosso Mundo…

MC Snake não volta a cantar, e a PSP vai continuar a matar?

Nuno Rodrigues, aka Mc Snake, foi atingido por um disparo da PSP na sequência de uma perseguição no mínimo mal esclarecida.

O vocalista convidado deste  Navegantes de Sam The Kid não volta a cantar. A pergunta é: a PSP voltará a assassinar (disparar sobre um veículo mesmo que em fuga não havendo uma situação de perigo para terceiros em Portugal é homicídio) acidentalmente, ou está mesmo a comprar uma guerra social?

É que se estiver até pode comprar barato, mas vai-lhe custar muito caro.

Actualização: Nem armas, nem drogas, nada foi encontrado no automóvel, um velho chaço que não precisava de ser travado a tiro. O autor do disparo foi constituído arguido, mas continua em funções. Ao menos tiraram-lhe a arma?