A abertura do ano lectivo correu bem

Na RTP, claro. A abertura do ano lectivo, no Telejornal de hoje. Exactamente: do ano lectivo.

RTP ano lectivo 1692013

Início do ano lectivo: o seu filho, o seu sobrinho ou o seu primo mais novo vão ser prejudicados

A teia urdida por um governo que se fez eleger com o objectivo de destruir o país conduzirá a que o seu filho, o seu sobrinho, o seu primo mais novo ou qualquer um dos seus concidadãos em idade escolar sejam extremamente prejudicados, uma vez que a qualidade da Escola Pública irá, inevitavelmente, diminuir.

Num país em que o Estado já só existe como meio para ajudar os privados, apenas os mais endinheirados poderão proporcionar aos seus filhos uma educação equilibrada. Aos outros, resta esperar que os profissionais que trabalham nas escolas consigam resistir à destruição de um sistema educativo cuja ruína se tem acentuado a partir do momento em que José Sócrates chegou a primeiro-ministro, pelo que seria bom que o PS se remetesse a um silêncio decoroso, ao contrário do que fez o presidente da Câmara de Amarante, que, ainda ontem, elogiou Maria de Lurdes Rodrigues, a mãe de Nuno Crato. [Read more…]

Se o Ministério da Educação fosse uma pessoa, seria viciado em drogas duras

O João Paulo, recentemente, chamou a atenção para o facto de que não é aceitável ou compreensível uma empresa da dimensão do Ministério da Educação não ter, ainda, o próximo ano lectivo completamente organizado.

O Paulo Prudêncio, nas centenas de textos que já escreveu sobre gestão escolar, ainda não se cansou de repetir que um ano lectivo tem de estar preparado com vários meses de antecedência, continuando, ainda, a insistir na importância de um valor como a estabilidade, nomeadamente no que se refere à produção legislativa. [Read more…]