Contra Duas Formas de Morfinizar Portugal

Dificuldades, sacrifícios, austeridade, quem os sente na carne sou eu e são aqueles que eu vejo pela cidade. Há um limite para o discurso realista, para o anúncio da dor futura, que anestesiam, bloqueiam, morfinizam a nossa paralisia, tal como havia um para a charla escapista, morfinizadora da nossa lucidez, praticada no passado, a mais conveniente quando se estava a burlar largo um Estado e a preparar uma saída airosa para o exílio dourado. Hoje é hoje. Passos deveria complementar o seu realismo consonântico com a má maré Europeia mediante qualquer coisa de mobilizador, especificamente mobilizador de portugueses para portugueses, onde quer que estejam no mundo. Fé em Portugal, confiança nos portugueses e uma linha de retórica positivamente mobilizadora poderiam fazer a diferença. Afinal, o que é que tolhe o Governo Passos?! O fanatismo liberalizador como resposta única?! É pena. Só com um sorriso nos lábios venderemos mais presuntos aos chineses e mais vinho, gastronomia e turismo de altíssima qualidade, enquanto passamos fome. Falta sal e ousadia a Passos, onde havia demasiada parlapatice e fantasia suicidária no filho da puta parisiense. Mobilizar-nos com a verdade e para além dela é algo de que o excelente jornalista económico Pedro Santos Guerreiro parece ser capaz e de que o excepcional Rui Moreira também parece ser capaz e de que mesmo o penetrante Luís Nazaré, pecado de apoiar o labrego de Paris à parte, com certeza é capaz. Chega de choradinho e fatalidade, Passos Coelho. Mobiliza-nos. Se não souberes como se faz, aprende com quem o faz bem: o Pedro, o Rui, o Luís. E não estou a brincar.

Comments

  1. joao says:

  2. joao says:

    malakas
    A Greek very commonly used word

    -Those who jerk off for a long period of time.

    – A Jackass

    – All the assholes in the world (including me)

  3. LUCINO DE MOURA PREZA says:

    Parabéns pelo artigo.
    Dou-lhe plena razão e só não quer perceber quem não vê ou não sabe ou, então, quem se quer aproveitar.
    A mobilização de Pedro Passos Coelho se, quiser ser mobilizador para com os portugueses, tem que ser feita em honestidade e bravura, doa a quem doer. Para seres forte e convenceres os portugueses que a tua política está certa, não te queiras comparar ao charlatão, corrupto e ladrão da “prima dona” de Paris.
    Por favor Pedro: diz a verdade e, nunca deixes que terceiros e membros do gaverno te apunhalem pelas costas. Não obrigues a que os portugueses façam mais sacrífícios porque, desse modo, os tiranos caiem como “bonecos de barro”.
    Além de mais, amanhã serás tratado como o foi o teu anterior corrupto.

  4. joao says:

    “Falta sal e ousadia a Passos”

    LOL

    A propósito da “ousadia”, eu preferia que o senhor não ousasse tanto.

    Sempre que há “ousadia”, o meu salário diminui, diminui, e os impostos aumentam, aumentam, aumentam….

    “Nunca soube tão bem roubar aos mesmos!”

  5. joao says:

    #3,

    “e, nunca deixes que terceiros e membros do gaverno te apunhalem pelas costas”

    O número de body guards foi aumentado!

  6. fernando gonçalves says:

    realmente só não vê quem não quer.

    como é que se pode falar de parlapatice francesa, quando este sr. já ultrapassou tudo, mente com todos os dentes diáriamente, mas pelos vistos a memória de alguns é muito fraca, é consoante a côr.

    não vou sequer perder tempo a enumerar todo o discurso parlapatão do sr, mas eu meto-o no mesmo saco do anterior e não me venham dizer que é inevitável. que é inevitável aumentar o desemprego mais quantos anos? diz o sr., que é inevitável acabar com o estado social, que é inevitável o trabalho tipo chinês, mal pago, com horário acrescido, sem direitos. que é inevitável a pobreza e as pessoas passarem fome.

    quem quiser um país 3rº mundista, ele aí está, é PORTUGAL, ONDE OS RICOS IMPERAM E OS POBRES PROLIFERAM.

    Subscrevo as palavras da Clara F. Alves, esta politica social e económica, passou rápidamente de desastrosa a CRIMINOSA.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.