Foi-se

a pausa. Agora é tudo a rolar. Andava eu aqui preocupado com a existência de Deus. Está resolvido. Foi-se o Corpo. Também pensei que as respostas  às angústias da minha fé chegariam um dia. Percebi agora que esse também se foi. Coisa triste, esta de ser pobre – nem se pode morrer. Também se foi este.

Comments

  1. patriotaeliberal says:

    A fé religiosa é directamente porporcional a tempos de crise e de austeridade.

    Já com a líbido parece haver uma proporcionalidade indirecta.

    A minha esposa reza muito a Deus nos últimos tempos, mas tem muitas enxaquecas….


  2. Desastres à parte, simpatíquíssima a montagem do post. Ainda não sei usar as carinhas sorridentes, mas cá sorrio nestes momentos.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.