Gosto do Relvas! Não à Demissão do Relvas!

Tenho um fraco pelo Relvas. A voz de aguardente, a arritmia discursiva. Daquilo não há aos pontapés. Nem sequer sabe ameaçar e passar incólume como o fils de pute parisien. Qualquer um que, como ele, ameaçasse expor a minha vida pessoal daria a saber ao mundo que já não tenho dinheiro para viver decentemente neste momento crucial do mês de Maio. Nem sequer para aderir às campanhas carnívoras do Pingo Doce e do MiniPreço. Terá de ser a minha mãe a entrar com a reforma nas promoções alimentícias com que alimento os meus rebentos. Com 42 anos, não vislumbro luz ao fundo do meu túnel. Posso pelo menos ser adoravelmente louco. O Relvas é mauzinho? É. Deve ser demitido? Não. Se fosse demitido, teríamos de demitir quase toda a gente do Regime, que é um Cu Infrequentável, nas suas traficâncias silenciosas habituais. Teríamos de demitir quase todo o Parlamento por não passar de uma plataforma de negócios privativos, a fazer fé, e faço, no Paulo Morais. O Relvas já se arrependeu e pediu perdão pelas ameaças e a perda de senso, coitado. O Relvas não pode pagar sozinho, demitindo-se, por todos os que à testa de escândalos nepotistas e negociações ruinosas para o Erário, se mantiveram ao alto e ainda cantam de galo socialista como se não fosse nada com eles. Era preciso que Relvas fizesse muitíssimo pior, fechasse uma Universidade, por exemplo, ou pressionasse magistrados por interposto magistrado, como no Freeport, permitisse uma barragem no Tua. Demos mais uma oportunidade ao Relvas. Relvas é fixe. Eu gosto do Relvas. Não nos fodam com esse súbito excesso de pudor nem com o novo cristo dos media Relvas!

Comments

  1. Maquiavel says:

    Deve ser demitido? Não. Se fosse demitido, teríamos de demitir quase toda a gente do Regime, que é um Cu Infrequentável nas suas traficâncias habituais. Teríamos de demitir quase todo o Parlamento por não passar de uma plataforma de negócios privativos.

    Entäo mas que raio de raciocínio paralelo e vicioso é esse? Justifica-se um mal com… outro mal? É mesmo à tuga!
    O que eu digo é que deve ser demitido, sim, e de caminho “demitir quase toda a gente do Regime, que é um Cu Infrequentável nas suas traficâncias habituais”, e se possível “demitir quase todo o Parlamento por não passar de uma plataforma de negócios privativos”.

    Assim é que se faz nos países dignos desse nome. Tipo na Europa do Norte. Como na República da Isländia.

  2. palavrossavrvs says:

    #1
    Nem mais.

  3. Zé Carioca says:

    Eu também gosto do relvas, que se foda o relvas, o fils de pute parisien ( gosto mesmo desta expressão, é chique, compreendem?), e todos esses cabrões que se acham os eleitos desta merda toda…foda-se vou pró pingodoce…ver a “carne”!


  4. Relvas ainda tem muito que aprender sobre como pressionar:
    http://www.dn.pt/inicio/tv/interior.aspx?content_id=1510397&seccao=Media

  5. maria celeste ramos says:

    Afinal eu é que estava errada e tenho de concordar com quem acha que Relvas nem categoria tem para ser demitido e ficar sozinho coitado sem o grupo de amigos que teria por nosssa culpa de deixar tanto os governamentais com o os assemblais, fora outros certamente bastardos que nem dão a cara mas existirão encurralados nagum asilo doirado e privado

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.