Eduardo Lourenço, nascido em S. Pedro de Rio Seco, há 89 anos.

«Num presente tão ocupado consigo mesmo e hoje, como o de todos os povos, em estado de obsolescência permanente, esta nossa maneira de ter passado como se o não tivéssemos, ou tendo-o para nos exaltarmos oniricamente com ele, é um sério obstáculo para conceber um futuro onde o que nos sonhamos de melhor e específico seja realmente, como toda a pulsão futurante deve ser, filho das exigências e dos imperativos de um presente singular»

Eduardo Lourenço, “Nós como futuro”

Vence, 14 de Julho de 1997

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.