Reformas na Suíça têm tecto máximo de 1700 euros

Aparição fugaz, de 3 minutos, na RTP2! O governo suíço fixou que o máximo que um suíço pode receber de reforma são 1700 euros

Esta notícia foi tratada apenas em noticiário pouco visto para evitar, naturalmente, o contágio. Porque será ?

Nunca se poderia passar em Portugal porque… cá…  somos MUITO RICOS!!!

Comments


  1. Talvez lhe tenha passado despercebido um comentário no final da reportagem: “os PPR são obrigatórios na Suíça”. Isto significa que a subvenção Estatal com o valor máximo de 1700 euros é apenas uma parte das reformas. Isso significa também que uma parte dos descontos dos trabalhadores suíços vai para os Bancos e Seguradoras enquanto em Portugal quase todas as contribuições vão para a SS ou a CGA, ainda mais agora com a ausência de benefícios fiscais nos PPR.
    A questão de ter um sistema misto público/privado em Portugal não é nova, mas nem a direita se tem atrevido a mexer muito nisso já que todos os estudos de que a comunicação social tem feito eco apontam para fragilização do sistema público se se optasse pelo plafonamento e pela entrada obrigatória dos privados no esquema.
    Por isso, nem tudo o que reluz é ouro.


    • De facto, meu caro João Esteves, não me passou despercebido, mas não me incomodou. O que me importou foi a atitude que o governo Suíço tomou. Isso sim!


      • A Suíça é mundialmente conhecida, entre outras coisas, pela força do seu sistema financeiro. Eu não me espanto que as autoridades Suíças o protejam. E se os cidadãos em geral têm condições para isso, pois é lá com eles. Mas dizer que o tecto máximo das reformas é de 1700 euros é uma falácia porque cada reformado recebe em média muito mais do que isso.

        • Hugo Mota says:

          Sem dúvida. O ordenado médio na suiça corresponde a cerca de 5300€ por mês. Se por cá se tomasse uma medida equivalente, a puxar as pensões máximas para uns 300 euros, será que as mesmas pessoas o elogiavam?


      • Já não basta a demagogia e a desonestidade que por aí grassa e agora ainda temos de a ver ecoada pelo seu post.

        Franchement!

        “Coitadinhos” dos Suiços!!!

  2. Miguel says:

    O pá, mas a Suíça é um país pobre. Nem se pode comparar a Portugal.

  3. josé sampaio says:

    Parece que o josé magalhães não tem noção que o ordenado médio na Suíça ronda os 65,000 francos suiços por ano, que corresponde a uns 5,300 euros por mês

  4. maria celeste d'oliveira ramos says:

    Eu tenho um amigo suisso que tem a minha profissão e não ganha 1700 euros – só se for para subsídio especial – ganha muito mais embora já não saiba quanto

  5. José Santos says:

    Cuidado com o canto da sereia. Antes de mais aconselho uma leitura do texto em http://www.dbohren.ch/fileadmin/user_upload/Essays/Altersvorsorge-p.pdf . Não é bem assim como nos querem fazer acreditar.

  6. Maquiavel says:

    Reformas na Suíça têm chão mínimo de 900€

    Segundo dados da OCDE, o salário médio suíço é 2,21 vezes aquele português (só?);
    usando este factor, entäo os intervalos em Portugal com o sistema suíço seriam
    mínimo: 407,24€
    máximo: 769,23€
    Mmm… realmente é muitíssimo apelativo! :O

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.