É hoje

As saudades que eu já tinha da vozinha do Vítor Gaspar.

Comments

  1. J.Pinto says:

    Muita gente quis (políticos de esquerda, de direita e o próprio tribunal constitucional) que ele saísse. Depois dasua saída, as taxas de juro nunca mais pararam de subir… nós temos o que merecemos. Os governantes que não são corruptos e quesão profissionais não têm lugar na nossa política. ..

    Que feliz que eu estou por as taxas de juro estarem a subir há meses (por coincidência – é pura coincidência de certeza – as taxas de juros investeram a tendência exatamente na altura em que ele saiu).


    • O facto de as taxas de juro estarem a subir não tem rigorosamente nada que ver com a política económica seguida nos dois últimos nada. Nada, nadinha, a culpa ainda deve ser do Sócrates.

      • J.Pinto says:

        Pois não, caro João José Cardoso,

        Como lhe disse no meu comentário, é pura coincidência, a mais pura das coincidências…

        Tem toda a razão..

        Não se preocupe, caro Joãi, nós pagaremos esta coincidência…

        Haver 365 dias no ano e as taxas inverterem completamente a sua tendência exatamente no dia em que ele anunciou a sua saída é mesmo uma coincidência, mas das boas…é destas coincidências que eu gosto..


        • Subiram nesse dia porque a demissão teve uma carta a acompanhá-la. E essa carta assume duas coisas; uma explícita, o falhanço da sua política económica, outra implícita: o segundo “resgate”, por isso mesmo, vem aí. Em ambas a segunda responsabilidade, que a primeira é sempre do primeiro-ministro, tem um nome: Vítor Gaspar.

          • J.Pinto says:

            Essa carta tem muito mais do que isso: veja aqui o que inclui essa carta: http://economiaegestao.wordpress.com/2013/07/02/1780/

            Explica muito bem porque é que ele saiu.. e explica muito bem porque é que POrtugal é irreformável… muitos batarem palmas à sua demissão e ainda não pararam de bater palmas.. mas não se preocupe, caro João, vai sair-nos do bolso…

            É a vida… quando o cabeça não tem juízo…


          • A mim, esta política de afundar ainda mais o barco naufragado, sai-me do bolso todos os dias. Vai para 3 anos.

  2. J.Pinto says:

    Correção:

    Muita gente quis (políticos de esquerda, de direita e o próprio tribunal constitucional) que ele saísse. Depois da sua saída, as taxas de juro nunca mais pararam de subir… nós temos o que merecemos. Os governantes que não são corruptos e que são profissionais não têm lugar na nossa política. ..

    Que feliz que eu estou por as taxas de juro estarem a subir há meses (por coincidência – é pura coincidência de certeza – as taxas de juro inverteram a tendência exatamente na altura em que ele saiu).

  3. J.Pinto says:

    Só três anos, João,

    A mim já me afeta há 38 anos.. o problema é que a conta se vai avolumando e cada vez é mais difícil suportar… e vai continuar assim.

    Está mais do que provado, nós não queremos pessoas sérias na política, preferimos mentirosos, demagogos e corruptos.

    • nightwishpt says:

      Como aqueles que falam em regresso aos mercados, que não há despedimentos, que não se mexe nas rendas, que prometem que não aumentam impostos, que vão acabar com rendas aos amigos, que nem sabem o que é um swap…

      • J.Pinto says:

        São mesmo esses, nightwistpt, que são exatamente iguais aos que prometem aumentar a despesa (falta dizer com que dinheiro) e não aumentar impostos

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.