O insignificante mercado interno

Da forma mais simplificada possível, o que é a política de austeridade? Eu que não sou académico vejo a coisa assim: o estado reduz drasticamente o investimento na economia interna, aumenta os impostos, corta nos salários, pensões e apoios sociais e despede trabalhadores para ter dinheiro para cobrir o défice e reequilibrar as contas públicas. Sim, eu sei, é uma explicação muito limitada, mas é aquela que a maior parte das pessoas conhece.

Acontece que as contas continuam fraquinhas e isto não está com aspecto de melhorar. Se calhar a austeridade não funciona. Já há algum tempo que andam por ai uns perigosos radicais de esquerda (que até têm uns prémios Nobel), que dizem mesmo que a boa da austeridade ainda piora a situação. Mercado interno, espiral recessiva blá blá blá… Fundamentalistas. Incitam-nos a dizer não a mais austeridade!

Mas os gajos que mandam nisto insistem que é mesmo por ai. Austeridade para a frente! E no meio de tudo isto, o “insignificante” mercado interno vai desaparecendo nas brumas da espiral recessiva. Ficam os hipermercados e as exportações. God save PSI-20 and the Netherlands!

Comments

  1. Eu apenas e só digo que estes governantes parecem baratas tontas, mas que não têm culpa, nós eleitores é que somos o elo mais fraco, porque senão não votávamos em nenhum partido até aparecer Homens Honestos.,

  2. João Paz says:

    “God save PSI-20 and the Netherlands!” E os bancos (sobretudo os do ÍMPÉRIO Alemão) que são os que lucram com esta política de vende pátrias João Mendes.

  3. Esperem pela queda da holanda que já anda aflita – a amiga – e que o motor da europa gripe – a grande que aqui “investiu” (??) ai ai e usou e depois deslocalizou para a XINA do trabalho escravo – ainda hei-de ver muita coisa que espero ver – porque o “céu” existe mesmo – e Espanha tão honrada nem bom vento nem bom casamento esses amigos impossíveis da Isabel tão “A Católica” que nos inunda de lixo nuclear no Tejo Internacional Unesco – que querida – talvez que chegue o dia em que até os eurodeputados sejam reduzidos a 50% esses inúteis de merda

  4. Austeridade é centrar o dinheiro existente (escasso, quando acabaram os empréstimos, ou caro, porque subiram as taxas de juro, como se quiser) na classe social que interessa, ou seja naqueles que controlam a economia no país (mormente, banqueiros, patos bravos, merceeiros), e retirá-lo (o dinheiro) dos pobretanas, dos velhos, dos ociosos, etc. que não sabem que fazer com ele, até o gastam em comida, imagine-se.

  5. Quem acabou com a agricultura em Portugal, há muito tempo atrás, matou o povo e país. Somos liderados por gente sem escrúpulos e noção das coisas. Deixo aqui uma sugestão para todos os bloggers: http://www.presidencia.pt/?action=3 Boa sorte!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.