A menina que queria mudar a Lego

carta-lego-charlotte-7-anos
É uma história simples que anda a correr mundo.
Uma menina de sete anos de idade foi a uma loja de brinquedos e ficou indignada ao verificar que os bonecos Lego são altamente discriminatórios em termos de género. Enquanto as personagens femininas se limitam a estar em casa ou a ir às compras, as masculinas vivem todo o tipo de aventuras, chegando até a nadar com tubarões!
Pois esta menina, de nome Charlotte Benjamin, decidiu transmitir à empresa de brinquedos o seu desagrado.
Temos activista! Três vivas à Charlotte e aos pais que permitem que a sua filha exerça os seus direitos de consumidora!

Comments


  1. Viva a Charlotte! E os pais, vivam os pais! Os pais são tudo!
    Quando eu, com 9 ou 10 anos, disse à minha mãe que não percebia porque o meu irmão podia brincar na rua e eu não, ela mandou-me estar calada e não dizer mais disparates. Assim, era difícil ser ativista…


  2. Genial 🙂


  3. Pois – em 1970 também era assim !!!!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.