Os contactos que se perderam

Há três anos, garantiram-nos que

A adopção do Acordo Ortográfico pelos órgãos de comunicação social tem vindo a contribuir, numa base quotidiana e de forma progressiva e natural, para a familiarização da população com as novas regras ortográficas.

Resolução do Conselho de Ministros n.º 8/2011, Diário da República, 1.ª série — N.º 17 — 25 de Janeiro de 2011, p. 488

Mais recentemente, ficámos a saber que

A verdade, porém, é que, apesar de o final do período de transição ainda se encontrar distante, ao nível do ensino, das instituições oficiais, nacionais e internacionais, e das restantes entidades públicas, o AOLP90 já foi quase plenamente aplicado, como o Estado determinou, sem problemas de maior

ILTEC, Lisboa, 21 de Março de 2013

“A verdade, porém”? Salvo melhor opinião, a “verdade, porém” é a “familiarização da população” com o contato. O resto é superstição.

record

Desejo-vos um óptimo fim-de-semana, efectivamente “sem problemas de maior”.

Comments


  1. Se calhar, isso acontece porque as pessoas dizem mesmo a palavra assim: contato. Não vejo que grande mal venha daí ao mundo. Os senhores não estão sempre a dizer que o acordo é mau porque não respeita a evolução natural da língua? Aí a têm.

Trackbacks


  1. […] não souberem o que é o Acordo Ortográfico de 1990, eu explico. O Acordo Ortográfico de 1990 é aquele acordo ortográfico que tem sido aplicado “sem problemas de maior” e cuja adopção tem vindo […]


  2. […] todos certamente daquilo que foi escrito, há mais de um ano, acerca da aplicação do Acordo Ortográfico de 1990: “o AOLP90 já foi quase plenamente […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.