Resumo da coroação

O novo rei fez um discurso sobre a Espanha moderna e a seguir saiu para as ruas (desertas) no Rolls-Royce comprado por Franco.

Comments


  1. no tempo do Franco era já uma grande reinação para esta pandilha.

  2. Simão says:

    faço aqui um copy/paste de um comentário no Blasfémias que, parece-me, resume bem a questão de Monarquia vs República:

    “Escreve o autor do post, “os críticos da monarquia apontam 4 razões pelas quais este formato tem sérios problemas em relação à república, a saber:
    1.Forma de sucessão;
    2.Incerteza de competência;
    3.Possibilidade de autoritarismo;
    4.Inimputabilidade”.

    Resposta:
    1.ª- A forma de sucessão é nos nossos dias a dinástica na maioria das monarquias que existem – não em todas, vg. o Vaticano – por uma questão de pragmatismo. O melhor exemplo é o das monarquias peninsulares: sendo todas derivadas da monarquia visigoda a sucessão dinástica surgiu com o tempo já que os Reis visigodos eram eleitos.
    2.ª-Incerteza de competência, ocorre em república ou em monarquia. Se olharmos para as biografias de todos os presidentes da república portuguesa desde 1910 percebe-se que, no geral, o que tivemos foi a “certeza da incompetência” até ao dia de hoje.
    3.ª- A maioria das monarquias europeias são democracias há muito mais tempo do que muitas repúblicas como a nossa. Por outro lado, os regimes mais autoritários de que há memória – nazismo, estalinismo ou maoismo – existiram em república e não em monarquia.
    4.ª- O principio da inimputabilidade do chefe de Estado tanto pode existir em monarquia como em república. É normalmente matéria constitucional.”


  3. Em Portugal jamais um político sairia à rua, deserta ou não, num carro de Salazar. Nem sequer num carro do antecessor no cargo que ocupa. Aliás, trocar de carro é das primeiras tarefas que incumbe o seu chefe de gabinete. E nada tem a ver com República vs. Monarquia, mas com Portugal mesmo…

  4. Rosa Maria says:

    🙂 mais do mesmo.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.