E se isto tivesse acontecido na Rússia, na Venezuela ou no Irão?

O afro-americano Freddie Gray foi preso por posse de arma branca. Uma semana depois morreu na prisão na sequência de uma fractura cervical. Quanto negros terão que morrer em Baltimore até que alguém diga Charlie?

Comments

  1. Joam Roiz says:

    Mais um negro assassinado com a conivência de um branco disfarçado de negro chamado Obama. E viva a América!!…

  2. Rui Silva says:

    Acontecem coisas destas e outras tão más como estas a toda a hora , nos locais que refere. Só que a frequência é tão grande e e repressão é tão forte que nem se chega a saber.

    cumps

    Rui SIlva

    • Não me parece que o seu argumento invalide o conteúdo deste post. Pelo contrário.

      • Rui Silva says:

        O que pretende dizer com o post ?
        Que os casos deste género e outras selvajarias que ocorrem no Rússia, na Venezuela ou no Irão deviam ser também noticiados á semelhança deste de Baltimore ?

        RS

        • Não: que a indignação dos responsáveis políticos deixe de ser hipócrita. Ou você acha que casos semelhantes ocorridos no Irão, Rússia ou Venezuela não passam cá para fora?

          • Rui Silva says:

            Ok, concordo consigo se o que quer dizer é que se deviam dar o mesmo relevo aos casos da Russia, Irão e Venezuela.
            cps
            RS

          • Como se não se dessem. Enfim Rui Silva, leve lá a bicicleta e longa vida a todas as formas de violência desde que em respeito absoluto pela liberdade dos mercados e das castas…

  3. Reblogged this on O Retiro do Sossego.

  4. Este senhor rui silva ou é ou faz-se… o pior é que os pobres de espírito acreditam nesta gente—–

  5. Tenho tido azar por chegar atrasado, o teu anexo não funciona, mas este aqui funciona http://www.publico.pt/mundo/noticia/policias-que-detiveram-freddie-gray-acusados-de-homicidio-1694289
    Boa noite.

Trackbacks

  1. […] da violência no cárcere, os motins, o recolher obrigatório e o exército nas ruas. Alguém viu por aí a […]

  2. […] em protestos contra a polícia em Nova Iorque.” NOTA: os protestos eram na realidade contra a violência policial sentida pela população afro-americana na cidade de Baltimore. É a imprensa que temos. Feliz […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.