© Propaganda RTP

propaganda rtp

Do Facebook de Pedro Sales, três imagens do telejornal de ontem, 8 de Julho de 2015:

Os exemplos que se seguem nas fotos demonstram o nível de manipulação dos dados. É propaganda. E má. A maioria dos indicadores que avaliam a legislatura são projeções – não por acaso todas favoráveis ao governo. Vejamos. A dívida está nos 130,3% (já agora, quando o governo tomou posse estava nos 106,6% e não 111%). O défice em 2014 ficou nos 4,5%, mas, com Novo Banco, pode até chegar perto dos 6%. O PIB em 2014 cresceu 0,9%. As projeções são como os chapéus. Há muitas. E as do Governo raras vezes acertam. Como a RTP, neste caso.

Poiares Maduro garantiu que o novo modelo de Governo da RTP é mais independente.  Conclui-se, portanto, que esta manipulação rasca foi obra do BE, tal como já antevia Maduro em Dezembro de 2014:  “Bloco de Esquerda tem mais influência sobre o CGI da RTP do que o governo”.

E aqui temos, também, José Rodrigues dos Santos a procurar superar a sua última cruzada anti-Grécia, a das donas de casa com conta no suíço HSBC.

Comments

  1. Ausente52 says:

    A opiniao publica so esta’ de acordo quando joga a selaccao de futebol. Apre!


  2. Uma vergonha total! Aonde andam aqueles que proclamavam a asfixia democrática de anos anteriores? é que não é só no canal publico é praticamente em todos os meios de comunicação! Estão descaradamente ao serviço dos mentirosos da coligação. Quantos milhares de portugueses se deixam enganar? Quantos votos vale esta manipulação de informação?
    Se calhar o Moreira de Sá deve saber já que é profissional nesta matéria e se puder dar umas luzes agradecia.

  3. Hélder P. says:

    Eu que sou defensor do serviço público de rádio e televisão, tenho deixado de ver a informação da RTP. É intragável. Pagamos taxa audiovisual para ter entre outras coisas informação imparcial, não propaganda. Essa nem que eles me pagassem.
    Se bem que por exemplo o Jornal 2 continua a ter uma linha editorial bem mais amena que o canal do Spock dos Santos.
    Dos canais em sinal aberto, o que tem dado uma cobertura jornalística mais aceitável curiosamente tem sido a TVI.

    Enfim, coisas tristes…

Trackbacks


  1. […] número para o défice de 2015: “abaixo de 3%”. Como se comprova pela imagem supra, do telejornal de 8 de Julho de 2015, apresentado pelo José da RTP tutelada pelo Passos, esse número é 2.7%. Para a PAF, a realidade […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.