Crowdfunding para Paulo Abrantes

paulo abrantes london call meClique para apoiar a participação de Paulo Abrantes na exposição colectiva “LANDSCAPE; RURAL VS URBAN” (Londres, 12 a 25 de Abril de 2016).

Uma cidade onde as vacas não riem

holland vacas

Hollande vaiado e insultado na Feira de Agricultura de Paris. Se tivesse dado um salto aos Açores, sempre recebia um sorriso.

Crowdfunding para Paulo Abrantes

paulo abrantes london call me
Clique para apoiar a participação de Paulo Abrantes na exposição colectiva “LANDSCAPE; RURAL VS URBAN” (Londres, 12 a 25 de Abril de 2016).

London call him


Clique para apoiar

O Paulo Abrantes, fotógrafo de Coimbra, foi convidado pela The Brick Lane Gallery para participar na exposição colectiva “LANDSCAPE; RURAL VS URBAN”, que terá lugar em Londres, entre 12 e 25 de Abril de 2016. Para cobrir as despesas, o Paulo organizou uma campanha de crowdfunding. Passe por lá.

Obscenidade, pornografia…

Seria o resultado aplicável ao esforço e rendimento de quem trabalha, caso o PAN conseguisse impor esta estupidez utopia em nome sei lá do quê, mas cuja viabilidade para ser alcançável teria forçosamente que atirar a já asfixiante carga fiscal para níveis estratosféricos… Mas esta gente acredita no Pai Natal ou anda a fumar erva da boa?

Quem paga?

Assunção Cristas e Pedro Passos Coelho andam a dar a volta ao país na suas campanhas internas para a liderança dos respetivos partidos. Já outros, candidatos, desses e de outros partidos, fizeram isso no passado.

Quem paga essas voltas ao país? Isto é, quem paga a conta da gasolina, almoços, jantares, hotéis, cartazes e tudo o resto?

São pagas pelo respetivo partido?
A todos os possíveis candidatos?
Com base em que regulamento?
Com base em que lei?
As contas dessas ações de campanha são publicadas onde?
E são auditadas por quem?

Sendo estes senhores e senhoras candidatos a 1º ministro, e portanto, candidatos a gerir o interesse público e o dinheiro dos contribuintes, não deveríamos saber MUITO BEM como tudo isto é pago? E exigir AUDITORIA muito cuidadosa?

Alguém sabe responder? A lei em Portugal controla as contas das campanhas eleitorais para eleições da República, mas aparentemente não quer saber das campanhas internas, de quem as financia, de como entra o dinheiro, etc.

Alguém me pode esclarecer?

Em 1º lugar… sobreviver

Na Irlanda ainda não há resultados. A esta hora estão distribuídos 72 dos 158 lugares. As sondagens à boca das urnas diziam (entre parêntesis os resultados de 2011): Fine Gael – 24,8% (36,1%), Labour – 7,1% (19,4%), Sinn Fein – 16% (9,9%), Fianna Fail – 21,1% (17,4%). O que se nota aqui é uma grande perda de votos da coligação no poder. O 1º partido perde 11% (volta para muito perto do resultado que tinha tido na eleição anterior a 2011, cerca de 27%), mas ganha as eleições. Apesar disso, aparentemente sabe ler os resultados e diz, com toda a humildade, perdemos e a coligação no poder não se vai reeditar. [Read more…]

O BENFICA não é!

O Benfica somos.
Parabéns a todos nós, Vermelhos e Aventadores.
28-2-1904

Paulo Fonseca: o Litinho

o Litinho é o engraçadinho da turma

O cartaz que salvou a vida de um sapo (aquele que a direita quase engoliu)

dilbert pie chart

O cartaz do BE foi um erro de estratégia política inacreditável. Não por ter sido humor barato, não por ser um toma-cavaco-para-aprenderes, não por ofender algumas pessoas. Poderá ser um erro por todas estas razões, mas, quanto a mim, o Bloco fez um enorme favor à direita.

[Read more…]