“total incapacidade de perceber as regras democráticas”, Dr. Matos Correia? A sério???


Perdido entre profecias da desgraça e anúncios da vinda de um diabo que teima em não aparecer, o PSD protagonizou hoje mais um momento de se lhe tirar o chapéu. Pela voz do vice da bancada parlamentar laranja, José Matos Correia, o partido que se afunda violentamente em todas as sondagens acusou o governo de “total incapacidade de perceber as regras democráticas“, pela recusa do executivo de António Costa em nomear as escolhas do Banco de Portugal e do Tribunal de Contas para o Conselho de Finanças Públicas. O momento é de tal forma belo, que Matos Correia aludiu ao acordo firmado no passado entre o PSD e o governo liderado por José Sócrates. Impressionante como homem consegue ser pau para toda a obra.

É no mínimo irónico que o PSD, que se vem mostrando incapaz de perceber regras democráticas tão elementares como o facto de vivermos numa democracia representativa, apresente um argumento desta envergadura. É irónico e dá vontade de rir. Só não admira. É que, após tantos anos a disparar quase diariamente nos pés, começa a ser normal ver a corte passista fazer estas figuras. Entretenimento do bom.

Foto: João Carlos Santos@Expresso

Comments

  1. Rui Naldinho says:

    É óbvio que o Dr. Matos Correia tem “toda a razão naquilo que afirma”, não tivesse o PSD/CDS reconduzido o Governador do Banco de Portugal nas suas funções sem dar cavaco ao PS, apenas e só, porque este incompetente foi conivente com a chamada “saída limpa para debaixo do tapete” com o BES, BANIF, Montepío a afundarem-se aos olhos de todos.
    É óbvio que o Dr. Matos Correia tem “toda a razão naquilo que afirma”, não tivesse o PSD/CDS e o Dr. Cavaco Silva marimbado para as decisões do TC, esse órgão reacionário com quase 40 anos de existência consagrada na Constituição da República, onde por coincidência, a maioria fins juizes ainda continua a ser a nomeada pelo PSD.
    E óbvio que para o PSD, o CFP deve ser um órgão independente dos Partidos de esquerda, mas dependente dos desígnios da direita e da vontade do Eurogrupo. E acima de tudo da vontade do Governador do Banco de Portugal.

Trackbacks

  1. […] PSD, volta a causar estragos no bote a remos de Pedro Passos Coelho. Sobre a polémica do momento, que já proporcionou ao PSD mais um belo momento para estar calado, MFL afirma que o histerismo da direita, em torno da nega dada por António Costa às sugestões do […]

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s