Em Gaia, ninguém quer brincar com ele


Hoje dei por mim a pensar naquela rua onde o dono da bola tinha sempre que jogar, mesmo sendo o último a ser escolhido. Tinha de entrar!

Era o dono da bola e a qualidade do seu futebol tinha, para a equipa, uma consequência infalível – a derrota. Mas, em boa verdade, sem a bola não havia jogo e lá entrava o Pedro no jogo.
A Rússia, na taça das confederações não andou muito longe de ser o Pedro da FIFA e, tenho para mim que, em Gaia, alguém está com o mesmo problema.
Quer dizer, em bom rigor, o problema não é bem o mesmo porque o Pedrito cá do burgo não foi convidado pelo Pedrito da capital. Confuso?
Passo a explicar – diz-se que os passos de Pedro iriam passar por Vila Nova de Gaia, mas o parceiro do convívio vem do outro lado do rio.
E, portanto, das duas uma, ou o Pedro que é chefe (mas pouco) não quer ter ao lado dele alguém, que como ele, terá uma derrota pela certa ou então foi mesmo esquecimento.


Quem sabe, caro leitor e não terá sido uma dica de um qualquer candidato a Presidente, tal como aconteceu na tragédia de há uns dias. Será que não informaram o líder do PSD que a candidatura do seu partido em Gaia não estava Cancelada?

Ou, pior ainda: será que depois de virar Gaia ao contrário, o PSD local foi encostado no cantinho dos alunos menos queridos?
E a bola?
Mesmo sabendo que a derrota é certinha dos dois lados do rio, Pedro Passos Coelho prefere jogar, em Gaia, com a bola do Porto. Ou, pelo que se viu nas festas do seu homónimo, nem isso, uma vez que deixou o seu candidato novamente “na prancha”.

Resumindo –  Não há São Pedro que lhes valha e até estou a ver o título do jornal:
Santo Padroeiro de Pedro seu nome Cancela romaria!
Do mal o menos, apeados não ficam! Poderão sempre dar uma voltinha nos carrinhos de choque e, começar por aí, as tradicionais caravanas de campanha.

 

 

Comments

  1. senhor Bragança Fernandes, tem razão “cada um é como é mas” quando esse “ser” passa por uma total irresponsabilidade, por falta de habilidade política e do seu conhecimento, donde o próprio Marco António Costa, Luís Filipe Meneses recusam dar o seu contributo politico e eleitoral ao próprio partido, está tudo dito “cada um é como é” falta saber é se o desaire eleitoral a acontecer como acontecerá em Outubro da parte do PSD não fará rolar cabeças e em especial a SUA.

  2. A.Silva says:

    “A Rússia, na taça das confederações não andou muito longe de ser o Pedro da FIFA ”

    Mas o país organizador de campeonatos internacionais não participa sempre neles???

    Ai estes perconceitozinhos desnecessários e reles.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s