As escolhas acarretam consequências…

Os talibãs do pensamento em Portugal, vulgo defensores do chamado politicamente correcto, nem querem ouvir argumentos de quem ousa ter opinião divergente da carneirada maioria. Convém também perceberem, que mesmo que o amanhã cante, no presente não existem almoços grátis…

Comments

  1. A. Silva says:

    O António Almeida levantou-se esta manhã e enquanto de face séria e meditabunda se olhava ao espelho saiu-lhe esta pifia reflexão.

  2. Paulo Marques says:

    Quando não querem perceber que os monopólios são muito piores que o estado não há muito a fazer, de facto.

  3. Nome Obrigatório says:

    Fui ler a “reportagem” ao Jornal de Negócios e está cheia de erros ortográficos, gralhas e outros erros.
    Quem escreveu aquele monte de merda não percebe de Português e muito menos de produção e distribuição de electricidade.
    Mas para o António de Almeida, se está na internet é porque verdade. Principalmente se puder fazer copiar e colar para a newsletter do PSD..

Deixar uma resposta