A eucaliptización de Galicia


eucaliptos_galiza

Rafa Quintía

A eucaliptización de Galicia acontecida dende os anos 50 é unha das maiores catástrofes ecolóxicas que ten sufrido Europa nos último século, comparable á desecación do Mar de Aral, á deforestación de Madagascar ou á destrución da Amazônia. A completa transformación da nosa paisaxe e xeografía, a destrución dos noso hábitats naturais e dos nosos ecosistemas é unha perda de incalculable valor para a Humanidade.

Hoxe dicía, nunha entrevista que me fixeron no programa Diario Cultural da Radio Galega, que para os aborixes australianos a súa paisaxe e os seus bosques de eucaliptos formaban parte da súa cosmovisión e dos seus mitos de creación no Tempo dos Sonos. Pero para os aborixes galegos os matos de eucaliptos pertencen ao Tempo dos Pesadelos e da destrución do noso patrimonio e dos hábitats naturais e culturais sobre os que construímos a nosa cosmovisión como pobo.

En Galicia hai na actualidade 425.000 hectareas de eucaliptos, isto equivale a 1.660 m2 por habitante, unha autentica tolemia. Cómpre dunha vez por todas unha acción decidida e contundente da cidadanía contra esta catástrofe de magnitudes incalculables. O benefico cortoplacista dun sector irresponsables e suicida da poboación non pode hipotecar o futuro de todo un pobo. Da forza e da razón do pobo depende a victoria e a nosa supervivencia.

Foto: Traballos de eliminación de eucaliptos e especies invasoras no monte comunal de Salcedo. Xa conseguimos eliminar os eucaliptos do 75% do noso monte. Porque a nós si nos importa o futuro deste país e o dos seus fillos e fillas.

Comments

  1. camaradas says:

    Pior que a eucaliptização é o pinheiro bravo como todo o Portugal viu este fim de semana no pinhal de Leiria.

  2. Gostei da ” destruição da Amazónia ” , fica sempre bem num artigo destes , dá força, pouco interessa se corresponde à verdade. Aliás qualquer mentira que seja dita na defesa do “bem” deve ser considerada verdade ( assim o manda o Ministério da Verdade segundo o seu principio universal da novilingua:
    “O que é verdade passa a ser mentira e
    o que é Mentira passa a ser verdade”)

    Rui Silva

  3. joão lopes says:

    Aqui em Portugal,os eucaliptos são especialmente apreciados,crescimento rapido,lucro maximo.Os portugueses parecem ter uma adoração por varolas que passam muito para alem dos cabos de alta tensão,as proprias arvores escondem os telhados das poucas casas que se deixam de ver,as proprias arvores são plantadas(e acarinhadas) ate ao alcatrão.Existe ate um pequeno partido(o cds) que liberaliza a planta maravilha,e ao mesmo tempo fica sempre muito indignado(é verdade,a esquizofrenia é um dos efeitos do excesso de excesso de varolas) quando a queima começa.Tambem neste pais é facil encontrar um politico que tem um primo na celulose mais proxima.E com a ajuda do estado minimo,o meu pais astá cinzento(tal como no tempo do salazar).

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s