Mitos & factos


A geringonça sobrevive à custa de mitos, o pior são os factos

Comments

  1. almeida o trump do aventar says:

    diz um estudo. um. pena ser mentira. bela trumpalhada, almeida. estudos há para todos os gostos. e factos, pelos vistos gostas dos alternativos. com passos & troikA ldª 200 mil pessoas cairam abaixo do limiar de pobreza enquanto duplicava o nº de milionarios. isso sim são factos.

  2. O Sócrates era o Bom e o Passos o Mau…

    Rui Silva

    • Fernando says:

      Falsa dicotomia.
      Sócrates, Barroso, Cavaco ajudaram a cavar a cova, Passos estava a enterrar Portugal na cova, objectivo o qual ainda não desistiu de alcançar…

  3. Rui Naldinho says:

    “Se vem no Observador só pode ser verdade!”
    Tal como o Juiz da Relação do Porto evocou a Biblia para criticar a mulher “adúltera, traiçoeira, falsa, que foi vítima da violência doméstica por parte de dois homens, porque se pôs a jeito”, também a direita recorre à sua Bíblia digital, para de lá extrair os autos de fé contra a Geringonça.
    O que diz o Observador, para mim que não sou crente, é tudo encomendado pelos Bispos da Igreja Envangélica Liberal, com sede na Lapa. Portanto, só serve para os crentes, e esses por momento são menos do que a maioria dos não crentes.

    O que diz o texto do Taylor and Francis Group, uma multinacional de publicações de livros, revistas e jornais.
    Basicamente diz coisas que todos sabemos.

    “Que quem já era rico entre 2009 e 2012, ficou ainda mais rico, daí para a frente.”
    – Acho que é verdade, ou não?

    “Que quem era rico em 2012, tendencialmente ficou mais pobre.”
    – Também acho. Olho para mim, revejo-me.

    “ Que os mais velhos, os aposentados foram menos afectados pela crise, do que os mais novos, por via do desemprego.”

    – Também não é mentira. Aliás, fora eles próprios em muitos casos, o amparo dos filhos, ou dos netos, quando os filhos emigraram, ou ficaram desempregados.

    “ Que apesar de tudo, Portugal comparativamente com a Grécia saiu-se melhor do resgate”, …. pudera, só tivemos um, … e sem tantas desigualdades e dramas como os helénicos.
    Sim, já o Yánis Varoufákis dizia isso. Que a nossa austeridade tinha sido muito mais mole do que a deles. E daí?
    Afinal, não sei onde está o dado novo, que solidifique o discurso da direita?
    Ah, já sei!!
    Fomos uns sortudos. Podia ter sido ainda pior. Não sejam piegas!

    • Não vou defender o governo anterior. Mas este está a aumentar dívida…

      • Rui Naldinho says:

        No final deste ano, vou verificar se a dívida aumentou ou diminuiu. Se se constatar esse facto, é óbvio que qualquer um de nós deve ficar preocupado.
        Agora, se estamos a pensar pagar a dívida sem a renegociarmos, esqueçam. Já cá não andaremos todos, e ela ainda andará nas bocas do mundo. Independentemente do governo que estiver no Poder.
        Para conseguirmos pagar esta dívida em trinta anos, só com as taxas de crescimento ao nível da China. E o engraçado é que eles ainda ontem confirmaram que o PCC já mais abdicará do controle da economia, mesmo privatizando muita coisa. Aliás, nem se trata de privatizar, é deixar o mercado funcionar. Mas qual mercado? Aquele que o PCC acha não ser merecedor da intervenção estatal. Todo o tecido industrial chinês é privado, hoje, com excepção daquilo que é estratégico. Por ex:A China tem várias companhias aéreas regionais(Ásia ). Mas a Air China é do Estado. E isto réplica-se pela Electricidade, etc…

  4. Paulo Marques says:

    Pois, basta andar pela rua e vê-se que as pessoas estão muito menos pobres, falar com elas para ver como se sentem estáveis e confortáveis no emprego, prontas a ter e a cuidar de família, cheias de apoios para criar empresas, ninguém abandona a escola nem a faculdade, os hospitais estão cheios de meios renovados e de um staff com tempo de descanso adequado, os meios de transporte têm capacidade adequada e as habitações são fáceis de adquirir e as rendas acessíveis.

    Enfim, um paraíso na terra, e ainda com uma banca forte e pujante sempre pronta a ajudar a economia.

    • Paraíso na Terra era a URSS e países satélites, mas o povo não mereceu um sistema tão perfeito e manipulados por Reagan e Tatcher, com a cumplicidade de Gorbachev derrubou o muro. Hoje existem Cuba e Venezuela…

      • Fernando says:

        Pode ir sempre para o a maravilha capitalista que os americanos criaram no Iraque.

      • Paulo Marques says:

        Não, era o Chile de Pinochet, a Nicarágua, o Iraque, o Irão, Cuba, África em geral e demais países onde o capital trouxe a liberdade pela mão dos salvadores, os nativos é que eram estúpidos demais para perceber.

      • Antidireitolas says:

        Paraísos não existem, até o Vaticano admite que são “imagens”.
        Agora “Padarias Portuguesas” não faltam, será isso o paraíso do séc- XXI?

    • Apoios para criar empresas ?
      Pobre pais cujos empresário precisam de “apoios” para criar empresas, mais uma do Socialismo…

      Rui Silva

      • Paulo Marques says:

        Sempre é melhor do que apoiar empresas a fugir aos impostos, coisa que o Coelho também dava umas lições.

  5. Fernando says:

    – Centenas de milhares escorraçados do país, tal como no tempo do Salazar;
    – Desemprego astronómico;
    – Pobreza a aumentar significativamente;
    – Concentração de riqueza a aumentar significativamente enquanto nos diziam que “nós” andamos a viver acima das possibilidades;
    – Carradas de nova dívida;
    – Banca falida;
    – Vistos Gold;
    – Biliões nos offshore;

    Milton Friedman, Pinochet, Salazar, Thatcher, Reagan devem estar orgulhosos do seu discípulo Passos lá no inferno.

    • Precisamos de um Socrates, ou um Chavez , dum Maduro , um Ceausescu , isto já para não pedir muito como um Estaline ou Fidel , ou Mao para endireitar isto…

      Rui Silva

      • Fernando says:

        Não precisamos de tiranos, precisamos de quem queira tornar a sociedade numa sociedade mais justa, próspera e com valores democráticos como Franklin Delano Roosevelt.

        Não precisamos de reacionários como Passos Coelho, Thatcher, Reagan que tudo têm feito para desmantelar aquilo que de bom tinham as sociedades ocidentais.

    • Pinochet tinha discípulos? Para mim foi um criminoso…

  6. flint crostas says:

    as conclusões desse estudo esquecem é que se houve alguma diminuição da desigualdade foi porque não incluíram o topo do topo… e compararam quem ganhava bem, ali entre os 3 e os 5 mil euros por mes com quem ganhava o salario minimo. quem ganhava o minimo ou dependia de pensoes ficou com muito menos, na miseria. mas quantitativamente, quem ganhava os tais 3 a 5 mil perdeu mais, entre cortes, impostos, etc, etc.

    demagogia à almeida.

  7. Manuela says:

    Eu, gostava de opinar sobre o assunto em questão! mas não me ocorre… viro-me para a direita e vejo a esquerda coligada nas autarquias! viro-me para a esquerda e vejo um nevoeiro denso! tão denso, que só oiço vozes, mas não enxergo nada do que dizem: são palavras vãs… são como romãs, mastigam-se, mas sabem a pouco ou quase nada.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s