Como vai o fundo pagar o empréstimo do estado?


Fundo de Resolução dá como perdidos os €4,9 mil milhões injectados no Novo Banco em 2014

Sobre Helder Guerreiro

Mantenho o tretas.org, um wiki onde fazemos investigação e preparamos documentação para memória futura do que vai acontecendo em Portugal.

Comments

  1. Gravatinhas says:

    perguntem ao farsola de massa má, à albuquerque dos swaps e ao carlinhos do banco de portugal…

  2. Rui Naldinho says:

    Vítor Bento: “Pelas minhas contas, a solução para o BES vai custar uns 10 mil milhões”
    “O principal problema a lidar com a crise bancária foi o atraso na reacção, defende o economista. O erro custou dinheiro, tirou margem ao actual Governo, e está a dificultar a transição da banca para novos modelos de negócio.”

    Estas palavras, ditas por alguém insuspeito de ter qualquer simpatia por este Governo, são inequívocas. E demonstram bem como o anterior governo geriu a falência bancária do nosso sistema financeiro, que começou, convém dizê-lo, com José Sócrates.
    A Banca Portuguesa está cadáver vai para mais de dez anos. Toda a gente sabia disso, Cavaco Silva incluído, apesar de dar aquele ar de quem não tem nada a ver com o assunto. Mas tal como nas famílias abastadas, ainda que falidas, a noticia da morte de um parente é sempre dada a conta gotas. Aos familiares mais próximos, primeiro, depois aos empregados da casa, e por fim aos externos. No início com falsas promessas de francas melhoras e rápida recuperação, seguindo-se meses depois a extrema unção, para em último recurso se proceder à ressuscitação, com ou sem desfibrilhação, até que chega a noticia da morte do paciente e o consequente funeral.
    Tudo a “Bem da Nação”.
    Viva Portugal!!

    • Paulo Marques says:

      “A Banca Portuguesa está cadáver vai para mais de dez anos. ”
      A portuguesa e o resto na Europa. A seguir vão-nos aos depósitos, não se preocupe que não morre.
      Ah, já me esqueci, a crise acabou e a economia da eurolândia vai uma maravilha, esqueça.

  3. Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

    Associei o esta notícia às declarações da Dª Cristas em relação à Dª PGR.
    Então Dª Cristas !!!
    A PGR está a fazer um “trabalho excepcional” … hem ?
    Que fazem os responsáveis pelo descalabro? Passeiam-se ou exibem pulseira?
    E os que os protegeram?
    Pois é: um trabalho excepcional…

    • Ernesto, é um “trabalho excepcional”, a questão é saber qual a natureza do trabalho e a quem beneficia.

      • Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

        Se pensar no caso do Dias Loureiro, nos magnatas da Banca com mais ou menos pulseira, como Salgado, nos submarinos do Portas, …, facilmente perceberemos quem beneficia. Não é com certeza o Zé Povinho que paga tudo com língua de palmo…
        Percebe-se a solicitude da Dª Cristas e do acompanhamento “musical” do PSD e mesmo de alguns sectores do PS (estes mais em ritmo de valsa).

  4. Paulo Marques says:

    Nunca foi para ser pago por outros que não os contribuintes, o resto é propaganda para não se questionar as regras da eurolândia.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s